Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Segunda-feira 25 de Outubro de 2021

0 7
:
4 2
:
2 5

Últimas Noticias

Notícias / Agronegócio

27 Out 2014 - 07:20

Consumo de comida japonesa cresce 20% ao ano no Estado

Somente em Cuiabá ao ano chegam a abrir cerca de quatro a cinco restaurantes japoneses. O sushi é o preferido.

Agência da Notícia com Agro Olhar

 Clima, busca por uma alimentação mais saudável e o turismo gastronômico são alguns dos fatores que impulsionam o consumo de comida japonesa em Mato Grosso. Ao ano, segundo restaurantes especializados, o consumo cresce 20% no Estado. Somente em Cuiabá ao ano chegam a abrir cerca de quatro a cinco restaurantes japoneses. O sushi é o preferido.

Em Cuiabá existem aproximadamente 20 estabelecimentos voltados para a gastronomia japonesa, entre restaurantes e delivery. De acordo com o proprietário da Sushi Box e distribuidor de produtos japoneses no Estado, Eduardo Toshio Ide, no interior a culinária japonesa também está caindo no gosto, tanto que em Rondonópolis há cerca de três restaurantes hoje e mais um está para abrir. Já em Lucas do Rio Verde e Tangará ao menos dois estabelecimentos estão em funcionamento hoje.

“Uma alimentação mais saudável, o clima mato-grossense e o fato das pessoas estarem viajando mais e conhecendo outras culturas influenciam para este crescimento do consumo de comida japonesa”, revela Eduardo Toshio Ide, que acaba de abrir o primeiro restaurante da Sushi Box, no Goiabeiras Shopping. A Sushi Box está presente desde dezembro de 2009 no supermercado Big Lar do bairro Jardim das Américas e desde 2010 na unidade da Avenida Miguel Sutil com quiosques.

Segundo o proprietário do Ryokan Sushi Lounge, Antônio Machado, não existem mais barreiras para o consumo de comidas cruas (salmão). “A cada dia novas pessoas aderem à gastronomia japonesa. As mulheres representam aproximadamente 75% das pessoas que buscam este tipo de comida, pois elas possuem o paladar mais apurado e se permitem a mais coisas novas”.

Antônio Machado comenta ainda que a média de idade de quem mais procura pela comida japonesa é entre 35 e 45 anos.

Sarah Vieira é uma adepta da gastronomia japonesa e ao menos uma vez por semana adere às iguarias à sua alimentação. “A vasta opção de restaurantes, delivery e até mesmo em supermercado nos permite hoje”, comenta.

Concorrência

Conforme Eduardo Toshio Ide, o maior concorrente dos restaurantes de culinária japonesa são aqueles restaurantes por quilo que acrescentam ao Buffet sushi “preparado totalmente diferente” do preparado pelos especializados.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet