Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quinta-feira 21 de Outubro de 2021

1 1
:
5 2
:
0 3

Últimas Noticias

Notícias / Agronegócio

26 Ago 2021 - 16:25 | Atualizado em 26 Ago 2021 - 17:55

Produtores Rurais alegam falta de envolvimento dos Prefeitos do Araguaia com o Estudo do Zoneamento Socioeconômico

No total são 4,6 milhões de hectares na região do Araguaia que serão restritos para atividades agropecuárias, e no Vale do Guaporé 600 mil hectares.

Camila Nalevaiko para o Agência da Notícia

Assessoria

Prefeito de Cocalinho Baço, durante sua fala na Audiência, ao lado do Deputado Dr Eugênio que Preside a comissão do Estudo do Zoneamento em MT (Crédito: Assessoria)

Prefeito de Cocalinho Baço, durante sua fala na Audiência, ao lado do Deputado Dr Eugênio que Preside a comissão do Estudo do Zoneamento em MT

O Assunto Zoneamento Socioeconômico Ecológico de Mato Grosso, vem assustando produtores rurais, comerciantes e empresários em geral, porém a classe política da região parece estar confiante que a questão está ganha. 

Nesta quinta-feira (26), está acontecendo em Brasília uma Audiência Pública que debate os possíveis impactos que os projetos de Zoneamento Socioeconômico Ecológico (SZEE), desenvolvidos pelos estados, podem gerar ao Brasil. 

De maneira simplificada, o Zoneamento Socioeconômico Ecológico (ZSEE) é um instrumento de organização territorial, que entre outras ações, deveria garantir tranquilidade ao setor produtivo no sentido de disciplinar a ocupação territorial sustentável do estado. Diferente disso, a elaboração do documento tem gerado uma série de protestos e a indignação do setor econômico, que questiona o engessamento de regiões inteiras, como o Vale do Araguaia e do Guaporé.  

No total são 4,6 milhões de hectares na região do Araguaia que serão restritos para atividades agropecuárias, e no Vale do Guaporé 600 mil hectares. Além, disso a proposta do projeto prevê criar mais 3,52 milhões de hectares e unidades de conservação em MT. “Parece que os prefeitos da região estão adormecidos, não percebem o que está acontecendo, esse assunto é muito sério e pode simplesmente acabar com o nossos sonhos de desenvolvimento, já que ficamos por tanto tempo esquecidos aqui”, disse o pecuarista e produtor Rural Carlito Guimarães com exclusividade ao Agência da Notícia.

O Projeto atinge 17 municípios no Araguaia, mas apenas o Prefeito de Cocalinho, Baco do PSB, esteve presente na Audiência Pública em Brasília. “Nós vimos e acompanhamos de perto a tragédia da Suiá Missú, que ninguém acreditava que ia acontecer, só que esse Zoneamento é mil vezes pior, não podemos ficar com as mãos amarradas, mas precisamos que principalmente as autoridades politicas da região se movimentem, os Prefeitos deveriam estar em Brasília hoje, eles foram eleitos pra defender os interesses de seus municípios”, desabafou Carlito que é um dos produtores mais antigos da região Araguaia/Xingu e foi Presidente da ASFAX – Associação dos fazendeiros do Vale do Araguaia e Xingu, hoje ele ocupa o cargo de vice-presidente. 

O Agência da Notícia também conversou com o Deputado Dr Eugênio do PSB, que está à frente da Presidência da Comissão Especial para debater o Zoneamento em Brasília. Ele relatou que realmente a não participação dos prefeitos no evento, faz falta e enfraquece a união da região. “Somente o Prefeito de Cocalinho compareceu, a presença de mais prefeitos ecorpa”, disse o Deputado Dr Eugênio. 

A audiência acerca do Projeto de Zoneamento, a ser realizada nesta quinta-feira, está em pauta na Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara Federal. Ela atende ao requerimento do deputado federal Vitor Hugo (PSL-GO). 


Presidente da AMA não comparece a evento sobre Zoneamento em Brasília.

O Presidente da Associação dos Municípios do Araguaia, (AMA), Daniel do Lago, prefeito de Porto Alegre do Norte, que também faz parte dos mais de 4 milhões de hectares, não esteve presente no evento. O Presidente representa através da Associação todos os municípios do Araguaia. Ele não divulgou porque não esteve em Brasília. Nesta quarta-feira (25), Daniel do Lago cumpria agenda em Cuiabá. O Agência da Notícia, tentou contato com o Presidente, mas o Telefone estava desligado. 

A audiência acerca do Projeto de Zoneamento, a ser realizada nesta quinta-feira, está em pauta na Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da Câmara Federal. Ela atende ao requerimento do deputado federal Vitor Hugo (PSL-GO). 

  • Produtores Rurais alegam falta de envolvimento dos Prefeitos do Araguaia com o Estudo do Zoneamento Socioeconômico

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet