Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quinta-feira 21 de Outubro de 2021

1 2
:
5 5
:
4 5

Últimas Noticias

Notícias / Agronegócio

15 Set 2021 - 10:39

Termina hoje vazio sanitário para a cultura da soja em MT

Foram 92 dias de proibição total de plantas vivas de soja cultivadas ou germinadas em solos Mato Grossense.

Redação do Agência da Notícia com Repórter Agro Tiago Seiffert

Foto: Repórter Agro

 (Crédito: Foto: Repórter Agro)
Termina nesta quarta-feira 15 de setembro o vazio sanitário para a cultura da soja no Estado de Mato Grosso conforme Instrução Normativa Conjunta da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec) e Instituto de Defesa Agropecuária (Indea).

Foram 92 dias de proibição total de plantas vivas de soja cultivadas ou germinadas em solos Mato Grossense. O vazio sanitário da soja foi instituído em Mato Grosso desde 2006, como medida fitossanitária para reduzir a presença do fungo causador da ferrugem-asiática, o Phakopsora pachyrhizi, na entressafra e evitar a ocorrência da doença na safra seguinte.

De acordo com o Indea, na safra 2018/2019 foram cadastradas 12.694 propriedades com área plantada de soja de 8.755.682,65 hectares. A partir do próximo dia 15, o objetivo é fiscalizar 60% das propriedades, visando a ausência total de plantas de soja.

O fungo que causa a ferrugem-asiática precisa de hospedeiro vivo para se desenvolver e multiplicar. Ao eliminar as plantas de soja na entressafra “quebra-se” o ciclo do fungo, reduzindo assim a quantidade de esporos presentes no ambiente.

A ferrugem asiática provoca a desfolha precoce da planta, impedindo a completa formação dos grãos, o que gera redução na produtividade, sendo considerada uma praga de importância econômica.

A multa para quem descumprir a medida é de 30 Unidade Padrão Fiscal (UPF), mais 2 UPF por hectare de planta não eliminada. O valor da UPF pode ser consultado no site da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz-MT).

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet