Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sábado 23 de Outubro de 2021

0 7
:
2 5
:
1 2

Últimas Noticias

Notícias / Agronegócio

16 Set 2021 - 10:13

B3 apresenta leves recuos para o milho

Em Chicago, o milho subiu com alta do petróleo e deterioração das safras

Da Redação Agência Da Notícia com Agrolínk

Foto: Repórter Agro

 (Crédito: Foto: Repórter Agro)

Em Chicago, o milho subiu com alta do petróleo e deterioração das safras“Com o milho “na mão”, produtores começam a sair em busca de negócios. Com este aumento de oferta o mercado futuro do milho de São Paulo recuou nesta quarta-feira em suas principais cotações e apresentou pouca liquidez de contratos, principalmente para vencimentos mais longos”, completa a consultoria. 

Os volumes e preços do milho importado continuam abastecendo os grandes compradores, que se afastam do mercado, contribuindo ainda mais para a queda dos preços, por redução na demanda. “O mercado fechou esta quarta-feira da seguinte forma: setembro/21 a R$ 93,68 (-0,3%); novembro/21 a R$ 93,94 (-0,65%); janeiro/22 a R$95,20 (-0,81%); e março/22 a R$ 90,00 (-0,66%)”, indica. 

Em Chicago, o milho subiu com alta do petróleo e deterioração das safras. “O contrato de dezembro21 do milho fechou em forte alta de 2,74% ou 14,25 cents/bushel a $ 534,50; o contrato para julho22, importante para as exportações brasileiras, fechou em forte alta de 2,16% ou 11,50 cents/bushel a $ 544,0”, diz. 

“A firmeza do petróleo cru transferiu suporte ao cereal. Soma-se a isso, em uma semana de deterioração das condições das safras nos EUA. Por outro lado, deve-se considerar que a safra começou a entrar, com perspectivas muito boas. Os dados de produção de etanol do MILHO – EIA mostraram que foram produzidos 937.000 barris por dia na semana que terminou em 10/09. Isso foi mais 14k bpd em relação à semana passada, com 380k barris a menos em estoque. O estoque do barril de 20,01 m tinha uma baixa de 15 semanas. Ambos os números são altistas”, conclui. 

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet