Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sábado 23 de Outubro de 2021

0 8
:
5 5
:
4 2

Últimas Noticias

Notícias / Agronegócio

21 Set 2021 - 09:32

Milho: B3 abre 3ªfeira ainda na calmaria e com leves recuos

Da Redação Agência Da Notícia com Notícias Agrícolas

Foto: Repórter Agro

 (Crédito: Foto: Repórter Agro)
A terça-feira (21) começa com os preços futuros do milho registrando leves recuos na Bolsa Brasileira (B3), à exemplo do que aconteceu ao longo do último pregão.

Por volta das 09h14 (horário de Brasília), o vencimento novembro/21 era cotado à R$ 92,55 com baixa de 0,16%, o janeiro/22 valia R$ 93,80 com perda de 0,22%, o março/22 era negociado por R$ 93,60 com queda de 0,34% e o maio/22 tinha valor de R$ 89,12 com estabilidade.

Para o analista de mercado da Brandalizze Consulting, Vlamir Brandalizze, a calmaria segue presente no mercado brasileiro, mesmo com o dólar em alta, porque começamos a semana com mais vendedores do que compradores no mercado.

“Continuamos com os grandes compradores do setor de milho retraídos esperando o milho importado. Como não estamos vendendo nada de contratos novos da safra atual na exportação, o milho vai sobrando no mercado interno e temos mais de dois meses de negócios efetivos antes de entrar no fim de ano”, explica Brandalizze.

Mercado Externo

A Bolsa de Chicago (CBOT) também repete as movimentações do dia anterior e começa a terça-feira operando no campo negativo para os preços internacionais do milho futuro por volta das 09h05 (horário de Brasília).

O vencimento dezembro/21 era cotado à US$ 5,17 com perda de 4,25 pontos, o março/22 valia US$ 5,26 com queda de 3,75 pontos, o maio/22 era negociado por US$ 5,30 com baixa de 4,25 pontos e o julho/22 tinha valor de US$ 5,29 com desvalorização de 4,50 pontos.

Segundo informações do site internacional Successful Farming, os futuros do milho caíram no comércio da madrugada, depois que o USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) disse que as condições da safra norte-americana melhoraram.

Cerca de 59% da safra de milho dos EUA estava em boas ou excelentes condições no domingo, um ponto percentual acima da semana anterior, disse o USDA em relatório. Ainda assim, é uma queda em relação aos 61% que obtiveram classificações máximas durante a mesma semana do ano anterior.

A publicação ainda destaca que, os preços também estão sendo pressionados à medida que a safra nos Estados Unidos avança, 10% das lavouras foram colhidas até o último domingo, acima dos 4% da semana passada e à frente da média de cinco anos anteriores de 9%.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet