Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 25 de Janeiro de 2022

0 4
:
4 7
:
3 7

Últimas Noticias

Notícias / Geral

11 Abr 2014 - 09:00

Jovem em MT se arrasta em unidade de saúde e alega falta de atendimento

Paciente teria sofrido acidente e estava com fortes dores nas pernas. Secretaria de Saúde de Rondonópolis diz que responsáveis serão punidos.

G1 MT

 Um paciente de 25 anos alega que não foi atendido em uma unidade de Pronto-Atendimento em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, mesmo depois de chegar à unidade de saúde se arrastando. O jovem disse que estava com fortes dores nas pernas porque tinha sofrido uma acidente de moto. A cena foi registrada pela câmera de um celular de outro paciente que estava no local e acabou parando nas redes sociais. O prontuário médico do PA, no entanto, afirma que o rapaz se recusou a receber atendimento.
O vídeo com pouco mais de dois minutos mostra ainda que chegam a abrir a porta de acesso ao box de emergência mas, mesmo assim, nada de socorro. “Minha mãe e minha irmã foram até a recepção para pedir uma cadeira de rodas, porque eu não estava conseguindo andar. Mas falaram que não tinha e que iam ver uma maca de não sei onde para me colocar. Mas, como estava demorando muito, eu desci do carro e fui me arrastando”, disse o jovem.
A secretária municipal de saúde Marildes Ferreira assistiu ao vídeo e disse que o caso requer uma análise detalhada. A titular da pasta da saúde do município chegou a registrar Boletim de Ocorrência e tentou localizar o paciente, achando se tratar de uma armação.
Marildes chegou à delegacia quase no final do depoimento do paciente e disse a ele que deverá exonerar todas as pessoas que não deram O atendimento que o jovem deveria ter recebido quando chegou à unidade. “As pessoas precisam ser tratadas bem. Seja em qualquer unidade de saúde, seja no Pronto-Atendimento”, disse a secretária.
A Polícia Civil investiga o caso. “Vou esperar a oitiva de todos os funcionários para ver se vai haver responsabilidade criminal para algum dos envolvidos”, declarou o delegado regional Henrique Meneguelo.
Um procedimento interno deverá ser aberto para apurar se houve alguma falha na recepção do paciente. As imagens do circuito interno de segurança do PA já foram analisadas.

 
Sitevip Internet