Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Domingo 5 de Dezembro de 2021

1 9
:
5 0
:
4 2

Últimas Noticias

Enquete

Na Sua opinião você é a favor ou contra a realização do carnaval em fevereiro de 2022

Notícias / Política

25 Out 2021 - 10:05

Valtenir compra maminha de R$ 180 e pede reembolso da Câmara Federal

De acordo com levantamento, o deputado Valtenir Pereira também foi o parlamentar mato-grossense que mais usou a cota parlamentar para gastos com alimentação.

Agência da Notícia com Redação do Conexão Poder:

Agência da Notícia com Reprodução

De acordo com levantamento, o deputado Valtenir Pereira também foi o parlamentar mato-grossense que mais usou a cota parlamentar para gastos com alimentação. (Crédito: Agência da Notícia com Reprodução)

De acordo com levantamento, o deputado Valtenir Pereira também foi o parlamentar mato-grossense que mais usou a cota parlamentar para gastos com alimentação.

Valtenir Pereira (MDB-MT), que é suplente do deputado federal Carlos Bezerra (MDB), entrou na lista de "gastos extravagantes" do Congresso Nacional ao pedir o reembolso de uma maminha figueira de R$ 180.

A nota fiscal do restaurante, que calculou a consumação total em R$ 212,96, foi entregue para reembolso no dia 11 de agosto. A informação foi inicialmente veiculada em levantamento do portal Metrópoles, com base no Portal da Transparência da Câmara dos Deputados.

Segundo a reportagem, apesar do valor integral do consumo, o Congresso não reembolsou a taxa de serviço, de forma que apenas os R$ 180 da carne e o consumo de duas latas de Coca-Cola foram devolvidos ao parlamentar.

Em razão de resolução interna da Casa, os gastos com alimentação podem ser bancados pela cota parlamentar, de R$ 39,4 mil para cada deputado mato-grosssense, sem limites estipulados por refeição, ou seja, o valor integral pode ser gasto de uma única vez.

De acordo com levantamento, o deputado Valtenir Pereira também foi o parlamentar mato-grossense que mais usou a cota parlamentar para gastos com alimentação. Apenas em 2021 já foram R$ 1.295,61. Desse valor, o maior gasto foi no mês de agosto, quando ele usou R$ 656,90 para alimentação (veja o restante abaixo).

Dos seis pedidos de reembolso de alimentação feitos pelo deputado em agosto, três foram de consumo no restaurante "Dudu Bar", com gastos de R$ 156,00, R$ 85,67 e 74,70. Tem pratos executivos, rodízio de galeto e até "tiras de coco", compradas e reembolsadas por R$ 48,97.

Apesar de não ser considerado ilegal, o ressarcimento dos gastos com alimentação, a situação chama a atenção por contrastar com a atual realidade do país, conforme pontou o economista Gil Castello Branco, do Contas Abertas, ao Metrópoles.

“Em qualquer época, é uma situação afrontosa, mas na pandemia é um acinte, um escárnio”, comentou o economista.

Segundo o portal da Câmara, em maio deste ano Valtenir pediu reembolso de R$ 60,90 de alimentação. Já em junho o valor foi de R$ 372,48, enquanto em julho foi de R$ 205,33. No mês de agosto, o valor total foi de R$ 656,90.

Depois de Valtenir, Dr. Leonardo (Solidariedade) foi o que mais gastou com alimentação. Foram R$ 567,08 em 2021, seguido da Professora Rosa Neide (PT), que gastou R$ 382,37, e de Juarez Costa (MBD), que pediu reembolso de R$ 158,90.

Os demais deputados federais de Mato Grosso, sendo eles Emanuelzinho (PTB), Nelson Barbudo (PSL), Neri Geller (Progressistas), Carlos Bezerra (MDB) e José Medeiros (Podemos) não pediram reembolso.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet