Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Segunda-feira 17 de Janeiro de 2022

2 0
:
2 0
:
5 6

Últimas Noticias

Notícias / Geral

11 Nov 2021 - 11:48

Sema aplica multa de R$40 milhões em propriedade rural de Bom Jesus do Araguaia

Em Bom Jesus do Araguaia, uma fazenda recebeu a maior multa, de R$40 milhões...

Agência da Notícia com Repórter Agro

Reprodução.

 (Crédito: Reprodução.)
A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT)  fiscalizou 13 áreas suspeitas de desmatamento ilegal, nas cidades de Querência, Araguaiana e Bom Jesus do Araguaia. Na ação a foi aplicado R$ 44,9 milhões em multas por desmatamento ilegal, descumprimento de embargo, uso irregular do fogo, e extração ilegal de madeira.

Durante a operação, foram apreendidas 10 máquinas, sendo três tratores pneu, dois tratores esteira, e cinco implementos agrícolas. A apreensão de máquinas usadas no desmatamento ilegal serve para parar o dano ambiental imediatamente e coibir a ação criminosa. Também oi identificado o uso do “correntão” no desmatamento ilegal.

Em Bom Jesus do Araguaia, uma fazenda recebeu a maior multa, de R$40 milhões, por desmate de uma área de 200 hectares de preservação permanente, e pelo uso irregular do fogo em 8 mil hectares, além de extração irregular de madeira sem licença em 200 hectares. Foi apreendido em flagrante um trator esteira, um trator pneu, um implemento agrícola, e 108 cabeças de gado.

Uma fazenda foi multada na região de Araguaiana por desmate de 560 hectares fora de reserva legal, no Bioma Cerrado, e execução de atividade sem licença. A multa aplicada foi de R $700 mil, com a apreensão de dois tratores pneu e um implemento agrícola.

Três propriedades na cidade de Querência foram multadas em R $1 milhão pelo uso irregular do fogo em 125 hectares. Foram apreendidos um trator esteira e três implementos.

Em nove propriedades de Querência a multa soma R$ 3,2 milhões por desmate de área de especial preservação, uso irregular do fogo em área de preservação permanente, descumprimento de embargo – promoveu atividade em uma área na qual já foi identificada ação ilegal anteriormente e estava proibida para uso – e extração ilegal de madeira.

As infrações foram identificadas por meio do monitoramento por satélites Planet, que mostra em tempo real a mudança de vegetação em todo o território de Mato Grosso. Com isso, a ação das equipes em campo é precisa, direto onde está ocorrendo o desmatamento ilegal.

A ação foi realizada em parceria com o Grupo de Operação Especiais (GOE) e a Polícia Judiciária Civil (PJC), entre 27 de outubro e 02 de novembro.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet