Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quarta-feira 8 de Dezembro de 2021

0 7
:
2 1
:
1 3

Últimas Noticias

Enquete

Na Sua opinião você é a favor ou contra a realização do carnaval em fevereiro de 2022

Notícias / Cidades

12 Nov 2021 - 10:28

Polícia prende gerente de posto que vendia gasolina adulterada

A Agência Nacional do Petróleo autuou o estabelecimento, com multa que pode ir de R$ 20 mil a R$ 5 milhões, lacrou três bicos e três bombas e interditou toda a gasolina que estava no tanque do posto.

Agência da Notícia com Redação do Olhar Direto

Agência da Notícia com Reprodução

A Agência Nacional do Petróleo autuou o estabelecimento, com multa que pode ir de R$ 20 mil a R$ 5 milhões, lacrou três bicos e três bombas e interditou toda a gasolina que estava no tanque do posto. (Crédito: Agência da Notícia com Reprodução)

A Agência Nacional do Petróleo autuou o estabelecimento, com multa que pode ir de R$ 20 mil a R$ 5 milhões, lacrou três bicos e três bombas e interditou toda a gasolina que estava no tanque do posto.

O gerente de um posto de combustíveis na avenida Ipiranga, no bairro Porto, em Cuiabá, foi preso em uma ação conjunta da Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon) e Agência Nacional do Petróleo (ANP), nesta quinta-feira (11). O estabelecimento estava comercializando gasolina comum com teor de etanol anidro acima do permitido pela legislação. A ação foi desencadeada após uma denúncia de adulteração de combustível. 

Conforme o delegado da Decon, Rogério Ferreira, por lei, o teor máximo de etanol anidro por litro de gasolina é de 27%. Porém, mais da metade do litro da gasolina vendida pelo posto era composta por álcool, constatando que o teor encontrado foi de 54%.

Conforme informaçõesdaPolícia Civil, Inicialmente, o homem de 44 anos se identificou como proprietário do posto. No entanto, ao perceber que a adulteração havia sido constatada, ele disse que era apenas o gerente.

A Agência Nacional do Petróleo autuou o estabelecimento, com multa que pode ir de R$ 20 mil a R$ 5 milhões, lacrou três bicos e três bombas e interditou toda a gasolina que estava no tanque do posto.

O delegado explicou que o produto interditado terá que ser encaminhado a uma distribuidora para a sua readequação ou utilização para outros fins. “Já os bicos e bombas de gasolina do posto permanecerão interditados até que os seus responsáveis comprovem que realizaram a retirada adequada da gasolina que está no tanque”, disse Rogério. 

Diante dos fatos, o suspeito foi detido e conduzido até a Decon, onde foi interrogado e autuado em flagrante por crime contra a ordem econômica, com pena de até 5 anos de prisão e multa. Após a confecção dos autos, o preso será apresentado para audiência de custódia, ficando à disposição da Justiça.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet