Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quarta-feira 8 de Dezembro de 2021

0 7
:
0 1
:
4 9

Últimas Noticias

Enquete

Na Sua opinião você é a favor ou contra a realização do carnaval em fevereiro de 2022

Notícias / Política

16 Nov 2021 - 09:53

“Aliança com Mendes continua, mas MDB vai lutar por majoritária”

Partido deve tentar emplacar um nome como vice do governador, caso ele saia à reeleição

Agência da Notícia com Redação do Mídia News

Agência da Notícia com Reprodução

O presidente do Diretório do MDB em Cuiabá, José Lacerda (Crédito: Agência da Notícia com Reprodução)

O presidente do Diretório do MDB em Cuiabá, José Lacerda

Presidente do MDB em Cuiabá, o ex-secretário de Estado José Lacerda afirmou que o partido deve manter a aliança com o governador Mauro Mendes (DEM) nas eleições de 2022, caso o chefe do Executivo estadual decida concorrer à reeleição.

Lacerda pontuou, no entanto, que a legenda não deve abrir mão de lutar por um espaço nas majoritárias.

“O MDB está com a tendência de manter a ligação com o governador Mauro Mendes. É essa a nossa decisão hoje. É uma aliança que deu certo, que está dando certo na gestão do Mauro Mendes e precisa prosseguir”, disse, em entrevista à Rádio CBN Cuiabá.

“Nós não estamos debatendo nesta eleição um candidato a governador. Agora, é claro que vamos lutar por uma vaga nas majoritárias”, acresentou.

A especulação é de que o MDB tente emplacar um nome como vice na chapa de Mendes, uma vez que a inclinação, para o Senado, é de apoio ao nome do deputado federal Neri Geller (PP).

O objetivo do partido na aliança política seria garantir ter voz e espaço.

“Estamos discutindo essa aliança em que o MDB consiga ocupar o maior espaço político possível, mas isso não significa destituir alguém do cargo, mas sim que a na aliança política isso seja um consenso entre todos os partidos que compõem a aliança”, disse.

Segundo Lacerda, o MDB ainda não abriu mão de atrair o atual vice-governador do Estado, Otaviano Pivetta, para o partido. Atualmente, o vice está sem partido e não decidiu se irá se manter na função em uma eventual reeleição de Mendes.

“O convite não esfriou. Ele é muito bem-vindo. Queremos o Pivetta no MDB”, afirmou.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet