Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quarta-feira 8 de Dezembro de 2021

0 5
:
5 3
:
5 3

Últimas Noticias

Enquete

Na Sua opinião você é a favor ou contra a realização do carnaval em fevereiro de 2022

Notícias / Política

22 Nov 2021 - 14:00

Governador rebate críticas sobre ICMS: ‘Seria ótimo viver num estado sem imposto, mas ninguém poderia cobrar nada’

O democrata ainda justificou que cobra os tributos de forma justa e os resultados estão “a olhos vistos”.

Agência da Notícia com Redação do Olhar Direto

Agência da Notícia com Reprodução

O democrata ainda justificou que cobra os tributos de forma justa e os resultados estão “a olhos vistos”. (Crédito: Agência da Notícia com Reprodução)

O democrata ainda justificou que cobra os tributos de forma justa e os resultados estão “a olhos vistos”.

O governador Mauro Mendes (DEM) rebateu as críticas a respeito do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e a fala do Governo Federal de que um terço do valor da gasolina seria deste imposto. Segundo Mauro, quando for aprovada a lei de redução do ICMS que corre na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), o tributo será o menor dentre os estados da federação. Além disso, Mendes argumentou que seria ótimo ter um estado sem impostos, mas aí “ninguém poderia cobrar nada”.

Recentemente, o Governo Federal tem exibido em rede nacional uma propaganda da Petrobrás argumentando que o valor é alto por conta do imposto estadual. Nesta segunda-feira (22), o governador rebateu. “Primeiro que o ICMS, [quando for] aprovada essa lei aqui em Mato Grosso, 23%, vai ser o menor ICMS da gasolina entre todos os estados brasileiros. Se nós quiséssemos viver num estado que ninguém paga imposto seria ótimo, mas ninguém poderia cobrar a saúde, ninguém poderia cobrar segurança pública, nem poderia cobrar nada, porque o Estado não teria dinheiro para nada”, afirmou.


O democrata ainda justificou que cobra os tributos de forma justa e os resultados estão “a olhos vistos”. “Agora, resolver todos os problemas, isso não vai acontecer nunca, porque os problemas vão mudando. Você resolve um... [por exemplo,] o grande sonho de uma cidade é ter o asfalto chegando até lá. Depois que faz o asfalto, as pessoas querem outras coisas e assim vai, é assim que a humanidade evolui. Mas eu tenho muita clareza de que o nosso compromisso foi entregar um estado muito melhor do que nós recebemos em janeiro de 2019 e eu não tenho a menor dúvida que em dezembro de 2022 nós vamos estar entregando um estado muito, mas muito melhor do que nós recebemos no primeiro dia do nosso mandato”, completou.

Redução do ICMS

Em setembro de 2021, o Governo de Mato Grosso anunciou um pacote de redução de impostos. O projeto, no entanto, ainda aguarda aprovação da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). Mauro afirmou que não tem acompanhado os trâmites da votação, mas acredita no sucesso do programa.

“Quando que vocês viram algum estado fazer uma redução tão relevante de impostos igual nós propusemos aqui em Mato Grosso? Agora, fizemos isso pelo equilíbrio das contas, porque o Estado está realmente equilibrado, já está garantido um programa de investimento para 2022 na casa dos mesmos 15%, que a gente deve fechar o ano de 2021. Então tudo isso nos permitiu um bom planejamento e aliviar o bolso do cidadão é sempre bom em qualquer momento”, completou.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet