Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Segunda-feira 6 de Dezembro de 2021

0 9
:
0 2
:
0 2

Últimas Noticias

Enquete

Na Sua opinião você é a favor ou contra a realização do carnaval em fevereiro de 2022

Notícias / Geral

24 Nov 2021 - 07:12

MPF investiga desvio de recursos em construções em aldeia indígena de São José do Xingu

O suposto desvio de dinheiro teria ocorrido na Aldeia Piaraçu que fica a 42 km de São José do Xingu. Os fatos teriam ocorrido entre os anos de 2005 e 2007.

Agência da Notícia com Redação

Agência da Notícia com Reprodução

O suposto desvio de dinheiro teria ocorrido na Aldeia Piaraçu que fica a 42 km de São José do Xingu. Os fatos teriam ocorrido entre os anos de 2005 e 2007. (Crédito: Agência da Notícia com Reprodução)

O suposto desvio de dinheiro teria ocorrido na Aldeia Piaraçu que fica a 42 km de São José do Xingu. Os fatos teriam ocorrido entre os anos de 2005 e 2007.

A 5ª Câmara de Coordenação e Revisão do Ministério Público Federal (MPF) determinou que Procuradoria da República em Barra do Garças apure suposto dano ao erário em relação ao superfaturamento e desvio de verbas públicas para construção de calçadas e banheiros em aldeia indígena em São José do Xingu (a 952 km de Cuiabá).

Consta do procedimento, que foi aberto um inquérito para apurar suposta existência de superfaturamento e desvio de verbas públicas, no bojo de procedimento licitatório, para a construção de calçadas e banheiros na aldeia Piaraçu que fica a 42 km de São José do Xingu. O suposto ilícito teria ocorrido entre os anos de 2005 e 2007.

As investigações resultaram em Ação Penal ajuizada pela Procuradoria da República em Mato Grosso (que tramita em sigilo), e que a única medida pendente a ser solucionada é a eventual busca do ressarcimento ao erário, uma vez que os supostos atos de improbidade administrativa se encontram prescritos desde 2013.

O procedimento chegou a ser enviado para Procuradoria da República em Sinop apurar os fatos, porém, conforme decisão da 5ª Câmara de Coordenação e Revisão do MPF os fatos objeto da presente investigação se referem à aldeia Piaraçu, situada em São José do Xingu, e que está abrangido na área de atuação da PRM-Barra do Garças.

“Adoto as razões expostas na promoção de conflito de atribuição, para votar pela atribuição do Procurador da República na PRM-Barra do Garças/MT, ora suscitado”, diz trecho extraído da decisão ao determinar apuração do caso.


Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet