Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 16 de Agosto de 2022

2 3
:
1 4
:
4 9

Últimas Noticias

Notícias / Polícia

9 Dez 2021 - 10:36

Mulher é espancada e torturada com choques até a morte por facção

Alvo de "salve", a mando do CV, mulher chegou a receber 70 choques no corpo e não resistiu às agressões

Por RD News com Agência da Notícia

RD News

Mulher é espancada e torturada com choques até a morte por CV (Crédito: RD News)

Mulher é espancada e torturada com choques até a morte por CV

A Polícia Civil deflagrou hoje (09) mais uma fase da Operação Comando da Lei, coordenada pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Cuiabá (DHPP) para cumprimento de mandados de prisão contra envolvidos no homicídio de Natana da Silva, de 30 anos, em julho do ano passado, no bairro Pedregal.

Ela sofreu um ritual de espancamentos, seguidos de choques elétricos. Conforme atestado no exame de necropsia, a mulher chegou a receber 70 choques no corpo. O “salve" foi executado depois que ela teve a morte ordenada pelo Comando Vermelho porque, supostamente, teria praticado o furto de um celular.

A vítima foi encontrada em uma rua do bairro Pedregal, já perto do Jardim Renascer, pedindo socorro em uma casa, bastante debilitada pelos espancamentos. Ela foi socorrida por familiares e levada ainda com vida a um hospital particular de Cuiabá, onde foram feitas tentativas de reanimação, mas horas depois foi a óbito em consequência das lesões sofridas.

De acordo com o delegado que preside o inquérito, Caio Fernando Álvares Albuquerque, parte dos alvos identificados na apuração, conduzida pelo núcleo de investigação de homicídios cometidos a mando de facções da DHPP, era monitorada por tornozeleira eletrônicas e teve a presença no local do crime confirmada durante as diligências realizadas.

Os policiais da DHPP apuraram ainda que os envolvidos no homicídio retiraram câmeras de monitoramento que estavam instaladas próximas à área onde ocorreu o crime, a fim de dificultar a identificação dos criminosos.

As equipes da DHPP estão nas ruas para cumprir mandados de prisão temporária e de busca e apreensão domiciliares contra os investigados. ( Com Assessoria)

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet