Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quarta-feira 29 de Junho de 2022

2 2
:
1 1
:
2 2

Últimas Noticias

Notícias / Política

24 Dez 2021 - 10:11

Senador Wellington Fagundes defende a sua candidatura ao Senado em 2022

Senador pelo diz que vê recondução de José Medeiros ao Congresso como “algo natural”

Agência da Notícia com Redação do Mídia News

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)
O senador Wellington Fagundes (PL) voltou a afirmar nesta quinta-feira (23) que é candidato natural à reeleição em 2022 e negou qualquer indisposição com o deputado federal José Medeiros (Podemos), que há sonha em sair ao Senado com o apoio do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Em entrevista à Rádio Capital FM, Fagundes chegou a defender que Medeiros foi eleito à Câmara Federal dentro do seu grupo político em 2018 e que espera contar com o apoio do parlamentar nas próximas eleições.

“É natural que eu seja candidato à reeleição, assim como eu vejo como natural a reeleição do Medeiros. O eleitor vai julgar o trabalho de cada um e eu quero exatamente apresentar o meu trabalho como senador”, afirmou.

“José Medeiros foi eleito comigo, quando fui candidato a governador. Elegemos quatro deputados federais na mesma base”, relembrou.O senador afirmou que tem mantido conversas com o deputado federal, mas que nada ainda restou definido. Ele não acredita, porém, que ambos estejam em cantos opostos na próxima eleição.

“Eu acredito que eu e José Medeiros estaremos na mesma trincheira, mas é claro que não disputando o mesmo cargo”, afirmou.

“Mas isso vai ser decidido no ano que vem. Eu quero que ele me apoie para senador e eu vou apoiá-lo para deputado federal”, completou.

De acordo com Fagundes, o grupo tem focado, no momento, em trabalhar para garantir a reeleição do presidente Jair Bolsonaro, apontado por ele como o projeto mais importante para o PL neste momento.

“Nada menor pode ser mais do que o projeto nacional”, defendeu.

Questionado sobre as tratativas no âmbito estadual, Fagundes deu a entender que o PL não deverá ter um candidato ao Palácio Paiaguás e que um eventual apoio ao atual governador Mauro Mendes (DEM), caso ele saia à reeleição, não está descartado.

“No partido não necessariamente teremos um candidato ao Governo. Vamos discutir o que é melhor para Mato Grosso no momento certo. O Mauro não falou que é candidato até agora. Mas vamos ver como o Governo dele vai estar até lá, ouvir a população”, afirmou.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet