Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quarta-feira 17 de Agosto de 2022

1 7
:
2 8
:
3 3

Últimas Noticias

Notícias / Agronegócio

13 Jan 2022 - 09:12

Milho: B3 fecha em campo misto

Em Chicago o milho fechou em nova alta por corte maior no Brasil e alta do petróleo

Da Redação Agência Da Notícia com Agrolínk

Foto: Repórter Agro

 (Crédito: Foto: Repórter Agro)
No mercado do milho, a B3 fechou em campo misto, com olhares continuam atentos ao clima e à paridade de importação, de acordo com informações divulgadas pela TF Agroeconômica. “Nesta quarta-feira, um dia mais amistoso foi visto na B3, que apresentou, ao final da sessão, leves aumentos na saca, ao que parece indicar uma realização de lucro por parte dos traders”, comenta a consultoria. 

“Nada  que  reverta,  no  entanto,  um  viés  altista,  que busca  a  paridade  com  a  importação,  já  que  o  milho importado hoje não sai por menos de R$ 98,00 a saca. Na bolsa  de Chicago, apesar de  um  relatório baixista, onde  viram-se  estoques  3%  maiores  do  que  no  ano passado,  pouca  reação.  Pelo  visto,  as  secas  ocorridas na  América  do  Sul  anteciparam  a  precificação  de ativos. Os  vencimentos fecharam em campo misto,  com  pouca  diferença  para  o  dia  anterior.  No fechamento,  janeiro/22  foi  cotado  à  R$  95,80 (+0,90%);  o  março/22  valeu  R$  98,15  (+0,46%);  o maio/22 foi negociado por R$ 93,90 (+0,16%) e o julho/22 teve valor de R$ 89,50 (-0,77%)”, conclui. 

Em Chicago o milho fechou em nova alta por corte maior no Brasil e alta do petróleo. “A  cotação  do  milho  para  março22 fechou em nova alta de 0,21% ou 1,25 cents/bushel a $  601,0.  A  cotação  de  julho22,  importante  para  as exportações  brasileiras,  fechou  também  em  alta  de 0,13% ou $ 1,75 cents/bushel a $ 599,75”, indica. 

“Depois de uma sessão volátil, terminou com uma leve queda. O USDA forneceu dados mistos. Por um  lado,  fez  um  corte  maior  do  que  o  esperado  na produção  no  Brasil.  Por  outro  lado,  indicou  que  os estoques mais altos nos EUA. Alta do petróleo trouxe suporte.  A  evolução  do  clima  na  América  do  Sul  e  o desempenho  da  demanda  nos  EUA  serão acompanhados de perto”, conclui. 

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet