Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 25 de Janeiro de 2022

0 4
:
3 9
:
2 0

Últimas Noticias

Notícias / Agronegócio

15 Jan 2022 - 09:08

Infocafé de 14/01/22

A bolsa de N.Y. trabalhou em alta, operando entre a mínima de -2,30 pontos e máxima +3,20 fechando com +2,70

Da Redação Agência Da Notícia com Agrolínk

Foto: Reprodução / Ilustrativa

 (Crédito: Foto: Reprodução / Ilustrativa)
A bolsa de N.Y. trabalhou em alta, operando entre a mínima de -2,30 pontos e máxima +3,20 fechando com +2,70. O acumulando na semana é de +1,20 pts. A moeda norte-americana recuou 0,28%, cotada a R$ 5,5130. Segundo a agência Reuters, as perdas recentes do dólar refletem a percepção de investidores de que a maior parte da guinada mais dura na conduta da política monetária do banco central dos Estados Unidos, que geralmente é fator de apoio para o dólar, já foi precificada.

Recentemente, várias autoridades do Federal Reserve defenderam que o primeiro aumento de juros nos EUA desde o início da pandemia aconteça já em março deste ano. A expectativa predominante nos mercados é de que, depois da alta das taxas de empréstimo em março, o banco central aumente os juros mais duas vezes neste ano. Mas apostas mais agressivas, de que o Fed promoveria mais de três aumentos em 2022, perderam força nesta semana após dados de inflação norte-americanos em linha com as expectativas. Por aqui, o mercado segue com as questões fiscais no radar, em especial a pressão de servidores por reajustes salariais. 

A expectativa de SAFRAS & Mercado é que o Brasil embarque 34,4 milhões de sacas de café no ano comercial 2021/22 (julho/junho), somando verde e solúvel. Isso corresponde a uma queda de 18% em relação aos 46,4 milhões de sacas na temporada 20/21. "Mas é bom monitorar com atenção o fluxo de embarques nesses primeiros meses de 2022. A demanda externa ensaia uma menor procura por café brasileiro, sinalizando cobertura para os próximos meses com a chegada dos embarques atrasados e alongando estoques, formados com compras na safra recorde de 2020", aponta o consultor de SAFRAS.  Com isso, segue o consultor, parte dos compradores pretende só voltar com força aos portos do Brasil na entrada da safra 2022. "Assim, é possível ter uma performance externa aquém da esperada. Mas, lógico, que qualquer indicação de uma safra 2022 do Brasil abaixo da esperada, tende a alterar drasticamente a postura da demanda, trazendo mais compradores ao Brasil e elevando as chamadas posições de proteção física", comenta. 

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet