Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Domingo 26 de Junho de 2022

0 4
:
3 4
:
0 4

Últimas Noticias

Notícias / Polícia

22 Mar 2022 - 09:27

Padre suspeito de estuprar menores se entrega à polícia e está preso

Redação Agência da Notícia com RD News

Reprodução

Foto: (Crédito: Reprodução)

Foto:

O padre Nelson Koch, suspeito de cometer abusos sexuais e estupro contra menores em Sinop (MT), já se entregou à polícia e está preso no Centro de Custódia da Capital (CCC). Um mandado de prisão foi expedido pela Segunda Vara Criminal de Sinop, após requerimento do Ministério Público. A defesa deve entrar com pedido de liberdade.

Na noite de ontem (18) a defesa do padre, patrocinada pelo advogado Márcio de Deus, disse que não tinha tomado conhecimento do mandado de prisão preventiva. Porém, neste sábado (19), afirmou que o pároco já se entregou às autoridades. A defesa deve entrar com pedido de habeas corpus, para que Nelson responda ao processo em liberdade.“Já tomamos conhecimento do mandado de prisão, já se apresentou à polícia e está preso no Centro de Custódia de Cuiabá […] É uma situação processual bastante tranquila. Nós confiamos na Justiça, vamos em busca dela e ela vai ser feita”, disse o advogado.O mandado

No dia 15 de março o Ministério Público pediu a prisão preventiva no dia 15 de março pelo crime de estupro de vulnerável, que foi decretada no dia 16 pela Segunda Vara Criminal, “visando garantir a ordem pública e conveniência da instrução criminal”.

Nas investigações, a Polícia Civil ouviu nove pessoas, que foram coerentes com as denúncias das vítimas. As alegações são de que o suspeito teria abusado de vítimas que tem entre 7 e 15 anos, “por diversas vezes”, “aproveitando-se da relação de confiança inerente à posição de sacerdote” na Igreja São Cristóvão, na qual os adolescentes trabalhavam como menor aprendiz.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet