Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Domingo 26 de Junho de 2022

0 6
:
0 1
:
0 1

Últimas Noticias

Notícias / Cidades

29 Mar 2022 - 11:09 | Atualizado em 30 Mar 2022 - 10:09

Trilhos passarão por 16 cidades e empresa vê questão ambiental como premissa

Redação Agência da Notícia com RD News

Reprodução

Foto: (Crédito: Reprodução)

Foto:

O diretor de projetos e estratégias da empresa Rumo S/A, Danilo de Moraes Veras, afirma estar confiante no processo de licenciamento ambiental trifásico da Secretaria de Meio Ambiente de Mato Grosso (Sema) e tem a expectativa de que as obras da primeira ferrovia estadual, ampliando a malha ferroviária atual em 745 km devem iniciar no próximo ano.

Ele esteve na sede do RD News nesta segunda (28) e concedeu entrevista sobre o passo a passo da implantação da ferrovia. Além de aguardar o resultado da avaliação da Sema sobre os estudos de impacto ambiental no traçado planejado, a empresa também faz um levantamento atualmente na busca de estabelecer um planejamento com fornecedores locais para o início das obras.

No final do ano passado, após a assinatura do contrato com o governo estadual, os técnicos da Sema foram conhecer a realidade local e o contexto do traçado escolhido pela Rumo S/A, que vai passar por 16 municípios, ligando Rondonópolis a Cuiabá por "braço" e, pelo outro, seguir para o Norte, chegando Nova Mutum e Lucas do Rio Verde. O empreendimento está previsto para ser concluído em 2025 e deve contar com um investimento que pode chegar a R$ 11,2 bilhões.

Foram conferidos pelo técnicos os pontos de mais atenção na análise ambiental, como locais em que haverá obra de construção de pontes e túneis, conferência de distância de assentamentos, nascentes, cavernas, a região de Serra de São Vicente, e o terminal Malha Norte, localizado em Rondonópolis. Apesar de o traçado já estar pré-definido, ainda não está decidido em quais municípios os trilhos irão passar "por dentro" da cidade e em quais eles farão "o contorno". Segundo Danilo, isso deve ser resolvido paulatinamente com cada gestor municipal.

Para a implantação da ferrovia, a análise do licenciamento será trifásico para a emissão da Licença Prévia (LP), Licença de Instalação (LI) e Licença de Operação (LO).

Neste momento, a Sema avalia se há alguma necessidade de complementação ou pendências no processo, para que haja o complemento de informações pelo interessado. Quando a análise desta etapa for concluída, a Licença de Prévia será submetida ao Conselho Estadual de Meio Ambiente (Consema) para referendo.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet