Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Segunda-feira 25 de Outubro de 2021

0 8
:
5 6
:
4 1

Últimas Noticias

Notícias / Agronegócio

5 Nov 2014 - 14:57

Mato Grosso pode ter estado de emergência fitossanitária prorrogado contra praga

As cidades que não declararam podem demandar ao Ministério um pedido a ser analisado. Trabalhamos no sentido de ter ferramentas mais ágeis para lidar com essa praga

Agência da Notícia com Agro Olhar

 Mato Grosso pode ter o estado de emergência fitossanitária quanto ao ataque da praga Helicoverpa armigera prorrogado. A informação é do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), que anunciou na terça-feira (04) a prorrogação na região Oeste da Bahia. Há duas safras a Helicoverpa armigera vem causando prejuízos nas lavouras mato-grossenses e brasileiras. Na safra 2013/2014 os prejuízos na soja em Mato Grosso foram de aproximadamente R$ 1 bilhão.

A prorrogação do estado de emergência fitossanitária no Oeste da Bahia foi publicada no Diário Oficial da União (DOU), que circulou no dia 04 de novembro, e terá vigência de um ano a partir desta quarta-feira (05).

Além de Mato Grosso, podem ter prorrogação Maranhão e Goiás. O diretor do Departamento de Sanidade Vegetal (DSV), do Ministério da Agricultura, Luis Rangel, a renovação da emergência fitossanitária permite maior segurança aos produtores.

“Durante a safra 14/15, ele terá as ferramentas de manejo ainda disponíveis para conviver com a praga. É muito importante que os instrumentos de controle sejam estabilizados para que, no final da emergência, possamos conviver com a Helicoverpa de uma maneira sustentável. As cidades que não declararam podem demandar ao Ministério um pedido a ser analisado. Trabalhamos no sentido de ter ferramentas mais ágeis para lidar com essa praga”, declara o diretor do Departamento de Sanidade Vegetal, do Ministério da Agricultura.

Diante os prejuízos causados pela Helicoverpa armigera nas duas últimas safras em 2013 o governo federal adotou diversas medidas de combate e controle a praga, como o uso de controle biológico e químico e uso de armadilhas, entre outros.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet