Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Domingo 19 de Setembro de 2021

0 0
:
0 6
:
2 0

Últimas Noticias

Enquete

Como você pretende investir o seu dinheiro nos próximos anos?

Notícias / Geral

11 Abr 2014 - 16:05

PF diz que Petrobras colaborou e entregou documentos para apreensão

Assessoria da PF informou que 'não foi necessário' cumprir mandados

 A assessoria da Polícia Federal (PF) divulgou nota oficial nesta sexta-feira (11) para informar que "não foi necessário" cumprir os mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal do Paraná na sede da Petrobras, no Rio de Janeiro, que autorizavam o recolhimento de documentos da estatal.

Na manhã desta sexta, a PF foi à sede da estatal do petróleo para cumprir os mandados de intimação prévia que haviam sido expedidos pela Justiça paraense que determinavam a entrega de documentos que podem auxiliar nas investigações do esquema de lavagem de dinheiro e evasão de divisas que teria movimentado cerca de R$ 10 bilhões.

De acordo com a nota da polícia, "como houve colaboração" da empresa, os agentes federais que atuam na operação Lava Jato apenas recolheram os documentos apresentados pela presidência da Petrobras, sem a necessidade de cumprir os mandados de busca e apreensão.

Também em nota oficial, a Petrobras relatou que um delegado e três agentes da Polícia Federal foram recebidos pela presidente da empresa, Maria das Graças Foster, em uma sala de reunião. Imediatamente, informou o comunicado, Graça Foster acionou a Gerência Jurídica da estatal para que fossem tomadas todas as providências necessárias para cumprir a ordem judicial.

"A Petrobras recebeu hoje (11/4) e cumpriu imediatamente Ordem Judicial para entregar documentação referente a uma específica contratação", diz o comunicado.

Ao todo, nesta sexta, a PF executou 23 mandados de prisão e busca de documentos nos estados do Rio de Janeiro e de São Paulo. Conforme o órgão policial, foram cumpridos dois mandados de prisão temporária, seis de condução coercitiva (quando o suspeito é levado a depor), e 15 de busca e apreensão de documentos nas capitais paulista e fluminense, em Campinas (SP), Macaé (RJ) e Niterói (RJ).

Foram executados mandados também na empresa Ecogloboal Ambiental, em Macaé. A polícia investiga um contrato da empresa com a Petrobras, no valor de R$ 443 milhões, que foi assinado em 2013.

Lava Jato

A Operação Lava Jato foi deflagrada em 17 de março. Na ocasião, a PF executou mandados em Curitiba e outras 16 cidades do Paraná, além de cidades de outros seis estados.

O esquema, segundo a polícia, envolve personagens do mercado clandestino de câmbio no Brasil. Um dos líderes da organização criminosa, de acordo com a polícia, é o doleiro Alberto Youssef, preso no dia em que foi deflagrada a operação.

 
Sitevip Internet