Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sábado 5 de Dezembro de 2020

0 2
:
1 4
:
5 4

Últimas Noticias

Notícias / Geral

14 Abr 2014 - 10:15

Prefeito demite servidores que negaram atendimento em "PA"

Homem chegou se arrastando e não foi atendido no Pronto-Socorro de Rondonópolis

Mídia News

 A Prefeitura de Rondonópolis (212 km ao Sul da Capital) exonerou, na semana passada, seis servidores do Pronto Atendimento (PA) do Pronto-Socorro Municipal, por falta de acolhimento ao pintor Diones Ferreira, que chegou ao local se arrastando.

Um vídeo, inclusive, foi feito por outro paciente que estava no local e mostra o desespero de Ferreira: com calça jeans, sem camisa e descalço, o homem gritava por ajuda. (Confira o vídeo abaixo)
O caso foi motivo de repercussão no Faceboook do próprio prefeito de Rondonópolis, Percival Muniz (PPS).

Ao tomar conhecimento do caso, o chefe do Executivo afirmou que abriria sindicância e também investigação na Polícia Civil para entender se o caso se tratava de negligência ou armação.

Após os depoimentos, tanto do pintor como de funcionários, a secretária municipal de Saúde, Marildes Ferreira, exonerou os servidores, entre eles a diretora do Pronto Atendimento, Vânia Scapini.

Ao MidiaNews, a titular de Saúde afirmou que houve descaso por parte dos funcionários.

“Quando falamos em Saúde, falamos em humanização e acolhimento. Qualquer pessoa, independentemente da forma que esteja, deve ser acolhida e atendida. Não digo que houve negligência, mas houve, sim, falta de humanização”, disse.

Depoimento

Em depoimento à Polícia Civil, divulgado pela Prefeitura de Rondonópolis, o pintor Diones Ferreira informou que, depois de sofrer um acidente na rodovia MT- 130, por volta das 13 horas de domingo (6), não procurou atendimento médico imediatamente, pois não percebeu que havia se machucado.

No final da tarde, começou a passar mal, sentindo dores pelo corpo e febre, quando foi levado ao Pronto Atendimento por parentes, para receber auxílio médico.

Por conta de um atendimento de emergência de dois reeducandos do Presídio da Mata Grande, que chegaram com ferimentos graves, todo o corpo médico foi deslocado para o atendimento emergencial. Com isso, os demais pacientes tiveram que aguardar para serem atendidos.

No mesmo instante, Diones Ferreira entrou no Pronto Atendimento rastejando, em busca de atendimento.

“Eu estava no carro esperando a maca, mas, como dor estava grande e não estava mais aguentando, eu resolvi entrar do jeito que conseguia. Eu não sei quem filmou quando eu entrei e só fiquei sabendo das imagens dias depois, quando minha irmã me mostrou no celular”, disse ele.

A cena foi registrada por um cidadão e postada em uma rede social.

O delegado regional Henrique Meneguelo, responsável pelo caso, disse que o próximo passo da investigação será ouvir a pessoa que filmou a cena e postou a filmagem, além de todos os servidores do Pronto Atendimento que estavam no plantão, no atendimento da recepção de pacientes.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet