Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Segunda-feira 27 de Setembro de 2021

1 1
:
2 1
:
1 1

Últimas Noticias

Enquete

Como você pretende investir o seu dinheiro nos próximos anos?

Notícias / Polícia

14 Abr 2014 - 14:15

Polícia prende 7 por embriaguez na estrada de Chapada

Vários motoristas dirigiam sem licenciamento dos veículos e sem CNH

Mídia News

 A quinta edição da Operação Lei Seca, realizada no domingo (13), resultou na autuação de 55 motoristas, na MT-215, que liga Cuiabá a Chapada dos Guimarães.

Desse total, 22 pessoas estavam sob efeito de álcool, mas apenas sete foram presas em flagrante por ultrapassarem o limite de 0,34mg/l.

Os testes foram realizados por equipes do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal e Delegacia de Delitos de Trânsito da Capital.

A operação foi realizada no início da noite e, segundo o delegado Cristian Cabral, 319 motoristas foram submetidos a testes de bafômetro, que permite determinar a concentração de bebida alcoólica em uma pessoa, analisando o ar exalado dos pulmões.
“Estamos próximo de completar três meses da operação e o que percebemos é que as pessoas estão mais temerosas de beberem quando vão dirigir, por medo de caírem na blitz. No entanto, o número de pessoas que bebem e dirigem ainda é muito grande”, disse.

O delegado também observou que a medida tem reduzido o número de acidentes com vítimas, nos finais de semana, principalmente numa rodovia com tráfego intenso, como a Emanuel Pinheiro.

Entre os motoristas presos, estava um comerciante de 43 anos, que dirigia um Gol e fazia o trecho entre Chapada e Cuiabá.

O exame de bafômetro apontou 0,50 mg/l de sangue, segundo a Polícia.

“Em alguns casos, o exame de alcoolemia apontava 0,35 mg/l. O limite é 0,34”, lembrou um policial.

Outro preso foi um rapaz de 20 anos, que dirigia um Renault e, durante a abordagem, alegou ter bebido “só duas latinhas de cerveja".

Os dois foram levados para o Plantão Metropolitano da Capital e foram liberados após o pagamento de fiança, correspondente a um salário mínimo (R$ 724).

Sem CNH

Além do consumo de bebida, a Polícia Civil detectou algumas irregularidades, como o fato de alguns motoristas dirigirem sem licenciamento dos veículos e sem CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Durante a operação, foram apreendidos 21 carteiras de motoristas e 11 Certificados de Registro de Licenciamento de Veículo (CRLV).

Além disso, quatro carros e uma moto foram guinchados para o pátio da Secretaria Municipal de Trânsito (SMTU).

A operação Lei Seca tem caráter permanente. Foi lançada em fevereiro deste ano, pela Secretaria de Estado de Segurança Pública, em parceria com outros órgãos municipal, federal e estadual.

De janeiro a março deste ano, a Secretaria de Segurança, por meio dos órgãos de fiscalização de trânsito, como o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar e Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran), da Polícia Judiciária Civil, registrou 1.034 infrações de trânsito em Cuiabá e 334 na cidade de Várzea Grande.

Os delitos maiores são os acidentes com danos materiais, sendo 590 em Cuiabá e 171 em Várzea Grande.

O número de vítimas lesionadas também é considerado alto. Foram 388 lesões corporais culposa na direção de veículo na Capital e 128 em Várzea Grande.

No período, foram registrados 9 vítimas fatais (homicídio culposo) em Cuiabá e 20 em Várzea Grande.

 
Sitevip Internet