Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sexta-feira 17 de Setembro de 2021

1 6
:
2 2
:
1 5

Últimas Noticias

Enquete

Como você pretende investir o seu dinheiro nos próximos anos?

Notícias / Artigos e Opinão

11 Dez 2014 - 17:09

A Comunicação que perde

‘Waltinho ou Warti’, como habituava chamá-lo, fez parte de muitas aventuras da minha vida

Agência da Notícia com Redação

 Do inevitável, o pior é a dor para os que ficam. Mas a matéria, mesmo que inerte, terá o conforto dos justos. A referência acima, infelizmente, relata as ocorrências nos últimos tempos de amigos e colegas vitimados por morte no meio da comunicação. Não é difícil tirar uma impressão das ultimas perdas de pessoas próximas sejam pela amizade, sejam por relações comerciais e/REou sentimentais. Gente transformadora, lideranças em suas funções, pensadores do dia a dia politico, da economia, da força de viver entre cidadãos comuns.

Comovido, a sociedade por sua parcela próxima também, me sinto nesse momento, o que me fez escrever acerca de nomes como Clóvis Roberto; João Albert; Auro Ida; Marcos Coutinho; Rubens dos Santos, o ‘Velho Guerreiro’; Jorge Estevão e agora Walter Rabello. Mas se foram outros que prefiro não citá-los para amenizar a dor contemporânea.
"Vai com Deus e comunica para os outros que aqui estão se cuidarem um pouco mais porque cansa perder amigos"
‘Waltinho ou Warti’, como habituava chamá-lo, fez parte de muitas aventuras da minha vida. Na pesca, caça, nos paparicos, nos birinights, nos palcos, nos gramados, nos estúdios, nos corredores da Casa Cidadã, em fim, convivemos muito da vida cuiabana e que agora resolveu abandonar a gente e nem avisou.

Também não precisou, porque muitos de nós sabemos que o futuro é inglório para quem não se cuida, entretanto acredito que ao menos podia compartilhar de seus problemas com colegas que poderiam aconselhá-lo a viver mais. Me perdoe, se algum médico amigo tinha essas informações.

Novo? Sim. Estava melhorando? Muito. Já estava até ganhando a pecha de viver a geração saúde. Mas nada vale depois de o ‘Maior’ abduzi-lo a outra esfera.

Pergunto: não seria melhor ficar entre a gente, passar mais um natal ajudando alguém? Não seria mais interessante levar esperança a centenas de carentes? De continuar chamando muitos criminosos de: raça infame! E de forma depreciatiava, mas real, aguçar a ira de muita gente bandida desse Estado, pessoas que comemoram sua ida para outra tela da vida?

E se foi mais um amigo de adolescência, de trabalho! Vai com Deus e comunica para os outros que aqui estão se cuidarem um pouco mais porque cansa perder amigos.

UBIRATAN BRAGA é jornalista, radialista e publicitário em Cuiabá.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet