Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 22 de Setembro de 2020

0 4
:
3 9
:
2 0

Últimas Noticias

Notícias / Geral

15 Abr 2014 - 16:30

Esgoto de cadeia fica a céu aberto no centro de Nova Mutum

O secretário municipal de Administração, Geder Genz, disse que a prefeitura, Conselho Municipal de Segurança e a direção da cadeia decidiram tomar uma medida conjunta para construir seis fossas

Só Notícias

 Moradores e comerciantes estão inconformados com o despejo inadequado do esgoto da cadeia de Nova Mutum, localizado na região central. Há vários meses, os dejetos estão sendo liberados a céu aberto e escorrem pela avenida das Araras, umas das principais da cidade. Após muita reclamação, a prefeitura tomou uma iniciativa paliativa e escavou um buraco em um terreno baldio, que fica ao lado da cadeia, para que o esgoto não escorresse mais pela avenida.

Todavia, esta medida não acaba com o mal cheiro e isso não agrada principalmente os comerciantes. A proprietária de uma sorveteria próxima disse que o mal cheiro exalado é constrangedor. “Para quem trabalha com manipulação de alimentos é difícil conviver com o que estamos vivenciando aqui”.

O dono de uma loja de celulares criticou a obra mal feita e disse que quando chove a situação fica pior ainda, pois a água da chuva acaba arrastando o esgoto avenida abaixo espalhando o mal cheiro por muitos metros.

Em relação ao problema, a prefeitura já havia notificado a Secretaria de Estado de Segurança Pública, responsável pelas unidades prisionais em Mato Grosso. Porém, a pasta nunca se posicionou para solucionar o caso.

O secretário municipal de Administração, Geder Genz, disse que a prefeitura, Conselho Municipal de Segurança e a direção da cadeia decidiram tomar uma medida conjunta para construir seis fossas. Para isso, a prefeitura entrará com o maquinário, o conselho se responsabilizará pelos materiais e a direção da cadeia disponibilizará alguns reeducando para a mão de obra. “Essa foi a única forma que encontramos para resolver o problema”, apontou o secretário.

A cadeia de Nova Mutum tem capacidade para 55 reeducando, mas conta atualmente com 90.

 
Sitevip Internet