Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 22 de Setembro de 2020

0 4
:
2 3
:
5 6

Últimas Noticias

Notícias / Geral

16 Abr 2014 - 09:03

Gaspar da ultimato: "Ou recursos veem ou hospital de Confresa fechará as portas"

Postos de Saúde de Confresa estão fechados, funcionários estão em greve, Prefeito diz que déficit do Hospital Municipal chega à R$ 250 mil por mês

Agência da Notícia com Redação

O prefeito de Confresa e presidente da Associação dos Municípios do Norte Araguaia, Gaspar Lazzari (PSD), esgotou as tentativas de sanar o déficit do hospital municipal, que acaba atendendo toda a região, e deu um ultimato a secretaria estadual de Saúde. "Ou os recursos veem ou o hospital fechará as portas".

Através de uma nota da associação, o prefeito ressaltou que a instituição tem um deficit mensal de R$ 250 mil, isso porque além de receber os pacientes de Confresa acaba atendendo todo o Norte Araguaia. Principalmente em casos de média complexidade e para cirurgias ortopédicas, em média são mais de três procedimentos cirúrgicos por dia.

No início do ano os prefeitos da região estiveram reunidos com o secretário estadual de saúde, Jorge Lafetá, que prometeu montar uma equipe para uma avaliação emergencial da situação financeira do hospital de Confresa, o que até hoje não ocorreu. Até o momento são recursos do município e do Consórcio Intermunicipal de Saúde do Araguaia Xingu que mantem a unidade funcionando.

Esta semana o problema se agravou com o fechamento dos Postos de Saúde da Família (PSF), devido a uma manifestação dos servidores da saúde, que reivindicam aumento salarial de 20%, concentrando assim todos os atendimentos no hospital. Faltam medicamentos e materiais básicos para procedimentos.

Neste ano a prefeitura instalou no local um gerador de energia, para que o hospital possa funcionar normalmente, mesmo com as quedas e faltas constantes de eletricidade no município. A lavanderia, que funcionava de maneira manual, foi industrializada e uma reforma completa foi feita no prédio, dando mais conforto a pacientes e funcionários.

Mas, de acordo com o prefeito Gaspar, é impossível manter o hospital aberto sem o auxilio do estado. "Somente com o apoio financeiro do estado poderemos manter o hospital aberto. Se isso não ocorrer nos próximos dias, infelizmente teremos que atender apenas os casos de urgência e emergência", enfatizou o prefeito através da nota da AMNA.

Não há previsão para que os PSF´s de Confresa voltem a funcionar. O prefeito estava em Cuiabá, e a categoria aguarda seu retorno para dar início as negociações. De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura, o projeto com os valores de reajuste ainda não foram encaminhados a Câmara de Vereadores.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

3 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

  • por Fora Gaspar, em 11 Ago 2014 às 22:41

    Esse prefeito quer e achar um modo de pegar mais dinheiro, só sabe pegar dinheiro para investir nas escolas, infraestrutura das ruas e Saúde e colocar no bolso dele e de seus laranjas.

  • por Deusdete, em 16 Abr 2014 às 17:19

    Esse hospital de Confresa serve sim toda a região, mas o estado fecha os olhos para os serviços essenciais eu mesmo sou de são José do Xingu e já tive muito o apoio do Hospital de Confresa

  • por Jose Lopes Carneiro da Silva, em 16 Abr 2014 às 15:34

    esse prefeito só da aumento pro pessoal do pt na educação. A PTzada tá rindo a toa e nois da saude , nada.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet