Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sexta-feira 18 de Setembro de 2020

1 7
:
0 0
:
4 7

Últimas Noticias

Campanha Publicitária

Notícias / Geral

16 Abr 2014 - 15:08

Governador homologa situação de emergência em 8 municípios

Decretos estão no Diário Oficial da última sexta-feira (11), com circulação nesta segunda-feira (14)

Mídia News

 O governador Silval Barbosa (PMDB) homologou oito decretos municipais por situação de emergência. As cidades beneficiadas são: Comodoro, Tapurah, Santa Carmem, Nova Olímpia, Nortelândia, Guarantã do Norte, Cotriguaçu e Aripuanã.

O ato foi assinado na última sexta-feira (11) e publicado no Diário Oficial do Estado com circulação nesta segunda-feira (14). A situação de emergência vale por 180 dias.

O principal motivo são as intensas chuvas que atingem as regiões. A maior parte das cidades está no Médio-Norte de Mato Grosso, seguido por Noroeste, Norte e Oeste.

Além desses oito municípios, conforme o superintendente da Defesa Civil do Estado, Sérgio Roberto Delamônica, desde o início do ano o Poder Executivo homologou a situação de emergência em outros 23 locais.
"A homologação e o reconhecimento significa dizer que foi compreendido que a capacidade dessas cidades em intervir nos problemas ocasionados por catástrofes ambientais foi exaurida"
O Governo Federal também reconheceu outras 20 cidades em situação de emergência. Mais três possuem decretos municipais.

“A homologação por parte do Estado e o reconhecimento por parte da União significa dizer que foi compreendido pelos dois que a capacidade dessas cidades em intervir nos problemas ocasionados por catástrofes ambientais foi exaurida”, afirmou.

Apesar de 46 municípios mato-grossenses estarem, de alguma forma, afetados pelas chuvas, o coronel explicou que o número é “razoável” e a tendência é que a partir de agora a intensidade pluviométrica diminua.

“A tendência, realmente, é que esse regime de chuvas reduza, mas também é válido lembrar que não são apenas as chuvas que determinam a situação de emergência. Ainda assim, os municípios tem se preparado a cada ano para desenvolver melhor suas capacidades de resposta à população”, disse.

A diminuição das chuvas também foi confirmada pelo meteorologista Waldilson Fidélis, do 9º Distrito de Meteorologia.

“A chuva está em todo o Estado e, até maio, ainda devemos ter mais umas cinco chuvas fortes. Não está chovendo de maneira incomum, é normal para o período. Tivemos maior intensidade nesse fim de semana em Diamantino, por exemplo, onde choveu 35 mm só no domingo (13)”, disse.

 
Sitevip Internet