Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sábado 28 de Novembro de 2020

1 6
:
3 3
:
4 1

Últimas Noticias

Campanha Publicitária

Notícias / Polícia

17 Abr 2014 - 11:44

Acusado de estupro seguido de morte vai a Júri em Barra do Garças

Silva foi preso preventivamente em Goiás, pois era foragido da justiça goiana por cometer homicídio naquele Estado

Agência da Notícia com Redação

O juiz Wagner Plaza Machado, da comarca de Barra do Garças, determinou o julgamento por júri popular do réu Edson de Jesus Silva pelo delito de homicídio duplamente qualificado, estupro e ocultação de cadáver. O magistrado mandou ainda que o réu fique preso até o julgamento, vez que tem propensão ao crime e, caso fique em liberdade, poderá prosseguir na empreitada criminosa, colocando em risco a ordem pública.

O réu é acusado de ter abusado sexualmente de uma adolescente de 15 anos e também cometido ato libinoso, ambos com grande violência. Em seguida ele estrangulou a menina com arame farpado encontrado no local, que era um canteiro de obras. Com o intuito de esconder o crime, Silva arrastou o corpo da vítima e escondeu embaixo de um amontoado de areia lavada.

Silva foi preso preventivamente em Goiás, pois era foragido da justiça goiana por cometer homicídio naquele Estado.

A comprovação do crime foi realizada por meio de material genético colhido do réu e na vítima. De acordo com o magistrado, também há indícios de autoria na confissão parcial promovida pelo acusado, que afirmou ter conhecido a vítima um dia antes do crime e marcado para fazer programa sexual com ela.

 
Sitevip Internet