Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sábado 28 de Novembro de 2020

0 2
:
1 8
:
2 0

Últimas Noticias

Campanha Publicitária

Notícias / Geral

17 Abr 2014 - 14:45

ALMT divulga resultado final de concurso para mais de 400 vagas

Mais de 32 mil pessoas fizeram a prova em dezembro de 2013. Aprovados devem ser nomeados ainda neste ano, segundo instituição.

G1 MT

 A Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) divulgou nesta quinta-feira (17) o resultado final do concurso público realizado em dezembro do ano passado. Foram ofertadas 430 vagas para atuar no Poder Legislativo, sendo que 168 seriam para preenchimento imediato. Os salários variam de R$ 2.286,22 a R$ 6.057,00. De acordo com a assessoria da instituição, ainda não há data para a nomeação dos aprovados, mas a previsão é que ocorra ainda neste ano.
A prova foi elaborada pela Fundação Getúlio Vargas (FVG). A homologação foi publicada no Diário Oficial do Estado, na edição que circula nesta quinta-feira (17). O edital de homologação pode ser acessado pelo site da Imprensa Oficial do Estado (Iomat). Mais de 32 mil pessoas realizaram as provas nos dias 7 e 8 de dezembro do ano passado em Cuiabá e Várzea Grande, região metropolitana da capital.
O presidente da Assembleia, Romoaldo Júnior (PMDB), havia declarado no início deste ano que o resultado seria divulgado até o mês seguinte, o que não ocorreu.
Em fevereiro deste ano, a homologação dos aprovados para cargos de nível médio e superior chegou a ser suspenso a pedido do Ministério Público Estadual (MPE) para que fossem apuradas supostas irregularidades em questões das provas objetivas de língua portuguesa. Porém, após o procedimento investigatório que sanou as dúvidas acerca do concurso, o próprio MP notificou a Assembleia para a homologação do concurso.
Por conta do atraso, os candidatos aprovados para os cargos de nível superior foram até a sede da AL, que fica no Centro Político Administrativo (CPA), na capital, no dia 27 de março para cobrar da presidência da Casa de Leis a divulgação do resultado.
O edital do concurso foi lançado em julho de 2013, mas acabou suspenso após indícios de irregularidades e desajustes no edital. A empresa realizadora do certame foi trocada pela FGV.
Antes responsável pelo processo, a IDP Cursos e Projetos desistiu do contrato com a ALMT alegando que o certame previa uma demanda de até 17 mil inscritos, porém, a procura foi muito maior que o esperado. Cerca de 50 mil se candidataram e tiveram o dinheiro da inscrição devolvido após a suspensão do concurso na época.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet