Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sábado 28 de Novembro de 2020

1 6
:
1 1
:
3 3

Últimas Noticias

Campanha Publicitária

Notícias / Geral

18 Abr 2014 - 10:15

Gaspar corta ponto dos professores e greve pode voltar

Professores e funcionários da educação aguardam pagamento dos dias em que estiveram de greve, caso isso não ocorra, classe promete nova paralização

Agência da Notícia com Redação

Após entrarem em acordo com o executivo e cancelarem a greve, os professores de Confresa foram surpreendidos com o corte de oito dias de serviço no salário referente ao mês de março, quando as aulas foram suspensas por 14 dias. A categoria se reuniu em assembleia ontem decidiu que o pagamento deve ser corrigido, caso contrário a greve será retomada no próximo dia 22.

De acordo com a presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Educação Pública (Sintep) sub-sede de Confresa, Lucimeire Lazara, o reajuste de 8% prometido para este pagamento foi cumprido, mas os cortes não estavam previstos. "Conversamos com representantes da prefeitura que asseguraram que o corte foi um erro do Recursos Humanos, mas até o momento não fizeram a correção.", contou a presidente.

Professores municipais ficaram 14 dias em greve negociando o reajuste salarial da categoria. Servidores e Executivo fecharam acordo para um reajuste de 12,5% em março, seguindo com mais 3% em outubro e 7% para fevereiro do próximo ano. Mais de 3.500 alunos ficaram sem aula neste período, com adesão de mais de 70% das escolas da rede municipal.

A reposição, conforme o Agência da Notícia já antecipou está sendo organizada individualmente por cada unidade junto com a comunidade, a nova paralisação seria retomada na próxima terça-feira, quando as aulas retornam depois do feriadão de pascoa. A posição da prefeitura é que o corte foi um erro e que será corrido, mas um prazo não foi apresentado ainda.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet