Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Domingo 5 de Dezembro de 2021

1 9
:
5 1
:
5 4

Últimas Noticias

Enquete

Na Sua opinião você é a favor ou contra a realização do carnaval em fevereiro de 2022

Notícias / Agronegócio

21 Abr 2014 - 08:36

Exportação de carne bovina de Mato Grosso aumenta 51% no 1º trimestre

Com um crescimento de quase 420% no volume de carne importada, o Irã foi um dos destaques positivos na balança comercial da carne bovina brasileira

Agro Olhar

Reprodução

Exportação de carne bovina de Mato Grosso aumenta 51% no 1º trimestre (Crédito: Reprodução)

Exportação de carne bovina de Mato Grosso aumenta 51% no 1º trimestre

 As exportações de carne bovina de Mato Grosso aumentaram 51.2% no primeiro trimestre de 2014, em relação ao mesmo período do ano passado, segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex), compilados pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (imea).

O musculoso crescimento é fruto do embarque de 85.3 mil Toneladas de Equivalente Carcaça (TEC) entre janeiro de março deste ano, frente as 56.4 mil TEC do primeiro trimestre de 2013. O maior volume de vendas foi em fevereiro (32.8 mil TEC), seguido de janeiro (28.1 mil TEC) e março (24.2 mil TEC).

O volume de recursos obtidos com os negócios no exterior, no entanto, cresceram em menor índice, 38.9%. Nos três meses contabilizados em 2014, as exportações da proteína mato-grossenses somaram US$ 300.6 milhões à balança comercial do Estado.

O principal destino da carne de Mato Grosso foi a Rússia (16.1 mil TEC), seguido da Venezuela (14.6 mil TEC), Oriente Médio – capitaneado pelas compras do Irã – (13.5 mil TEC), China (11.9 mil TEC) e a União Europeia (6.8 mil TEC). Outros países com compras menores somaram 22 mil TEC.

Apesar de a China ainda ser apenas o quarto principal comprador do produto mato-grossense, os negócios feitos nos últimos três meses mostram que aquele país poderá ser, em breve, o principal destino das exportações. Isso por que no 1º trimestre de 2014, os chineses aumentaram as compras em 99.5% frente a 2013. A Venezuela também comprou mais que entre janeiro e março do ano passado, aumentando o volume em 33%.

De acordo com a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec), outro cliente que está aumentando os negócios é o Irã. Este país foi o quarto maior comprador brasileiro no trimestre, em volume, adquirindo 35,3 mil toneladas, com compras equivalentes a US$ 159,3 milhões.

"Com um crescimento de quase 420% no volume de carne importada, o Irã foi um dos destaques positivos na balança comercial da carne bovina brasileira", disse a Abiec, em nota divulgada nesta quinta-feira (17).

 
Sitevip Internet