Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sábado 5 de Dezembro de 2020

0 1
:
4 2
:
3 4

Últimas Noticias

Campanha Publicitária

Notícias / Geral

22 Abr 2014 - 16:30

Oito radares instalados recentemente em rodovia são destruídos em MT

Destruição ocorreu ao longo da BR-070, próximo a General Carneiro. Dnit informou que reinstalação deve ser feito por empresa contratada.

G1 MT

 Oito radares foram destruídos na BR-070, próximo ao município de General Carneiro, cidade a 449 km da capital. Os equipamentos foram instalados há 25 dias pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), na tentativa de controlar os números de acidentes registrados na rodovia. Também evitar que os motoristas trafeguem pela pista em alta velocidade.
O flagrante dos radares destruídos ao longo da rodovia foi feito pelo internauta Cleiton Ferreira e encaminhado à TV Centro América, por meio do aplicativo 'Bem na Hora'. Conforme Ferreira, há menos de um mês ele percorreu a rodovia e constatou que os novos equipamentos tinham sido instalados para que os veículos passassem na região com velocidade máxima de 60km/h. Porém, ao retornar pelo trecho, se deparou com todos os radares quebrados.
O superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, Luiz Garcia, declarou ao G1 que quem deve fazer a reinstalação dos radares na rodovia é a empresa contratada pelo órgão para realizar este tipo de serviço na estrada. Segundo Garcia, o Dnit paga a mensalidade da operação para empresa somente quando os equipamentos estão funcionando. Nesse caso, por exemplo, não será pago até que a empresa regularize a situação.
O internauta relatou que sempre trafega pela rodovia para visitar a família, que mora no município de General Carneiro.“Algumas pessoas que moram na cidade disseram que foram caminhoneiros que passam pelo local que fizeram isso, por causa da velocidade permitida de apenas 60 km/h”, pontuou.
Cleiton Ferreira destacou também que, entre General Carneiro e o Distrito Paredão, verificou seis radares destruídos. Já no trecho que liga o Distrito de Paredão e a cidade de Primavera do Leste, a 239 km da capital, teriam sido constatados dois equipamentos sem funcionamento.
De acordo com o agente da Polícia Rodoviária Federal (PRF), José Hélio, vários casos como esse foram registrados em outras rodovias do estado. Ele ressalta ainda que as rondas policiais estão sendo reforçadas para impedir que este tipo de ação se repita.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet