Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sexta-feira 24 de Setembro de 2021

1 1
:
2 5
:
5 2

Últimas Noticias

Enquete

Como você pretende investir o seu dinheiro nos próximos anos?

Notícias / Política

2 Mai 2014 - 11:30

Leitão afirma que uso da máquina na pré-campanha em Mato Grosso é gritante e defende unidade da oposição

O parlamentar, um dos princiaipsi líderes da oposição em Mato Grosso, espera que o projeto do senador José Pedro Taques (PDT) consiga reunir oito ou nove partidos até junh

Olhar Direto

 O presidente regional do PSDB, deputado federal Nilson Leitão acusou a base aliada e o governador Silval Barbosa (PMDB) de usarem a máquina administrativa e abusar do poderio econômico, para desmobilizar os rivais, de forma que a única maneira de enfrentar tantos recursos é unificando toda oposição em torno de um único projeto.

“O uso da máquina é gritante. Eles oferecem cargos, benefícios, indicações para cooptar as pessoas. Alguns já sucumbiram à tentação”, denunciou o parlamentar tucano, durante a reunião ampliada do PSDB de Mato Grosso, realizada na noite desta segunda-feira (29/04), no Hotel Paiaguás, em Cuiabá.

“Em Mato Grosso estamos juntando toda a oposição para enfrentar eles. O Estado cresceu muito e alguns acham que esse dinheiro é para uso pessoal e usam na eleição. Eu mesmo fui denunciantes do abuso do poder econômico e do uso da máquina contra a presidente Dilma e do Estado. Estão usando dinheiro público para aparecer na TV para falar bem de si mesmo”, afiançou o dirigente tucano.

O parlamentar, um dos princiaipsi líderes da oposição em Mato Grosso, espera que o projeto do senador José Pedro Taques (PDT) consiga reunir oito ou nove partidos até junho. Atualmente, estão fechados, em torno da pré-candidatura a governador de José Pedro Taques: PDT, PSB, PSDB, PPS, DEM e PV. Todavia, o tucano ainda espera convencer PTB e PP a entrar no grupo oposicionista.

“Espero que o PP e o PTB venham conosco. Por isso não acho que seja a hora de ocupar todos os espaços (na chapa majoritária). Estamos há 12 na oposição. Não é hora de termos um projeto de poder, é hora de um projeto de oposição. Ninguém mais aguenta isso aí”, completou Nilson Leitão.

 
Sitevip Internet