Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Domingo 24 de Janeiro de 2021

1 4
:
5 7
:
2 4

Últimas Noticias

Campanha Publicitária

Notícias / Artigos e Opinão

19 Ago 2015 - 15:35

Novas caras na rua

Agência da Noticia com Onofre Ribeiro

  Esperava-se alguns milhões de jovens nos manifestos deste domingo nas ruas em todo o Brasil. Curiosamente, o número não chegou a um milhão, mas aumentou para cerca de 270 cidades em todos os estados. Mas desta vez não foi um manifesto de jovens. Foi um manifesto de adultos. Possivelmente os adultos que foram às ruas no domingo em todo o país tenham sido os "caras-pintadas" da era Collor, em 1992, que nas ruas disseram ao país que não queriam a desordem então vigente no governo federal. Hoje a desordem no país tanto política quanto econômica é muito maior, até porque o país cresceu, sua economia cresceu e as pessoas estão mais politizadas e mais bem informadas agora.

Em manifestos anteriores neste ano conversei com jovens que admitiam a pouca fé em qualquer mudança num país comandado por caciques políticos espertos e malandros. Talvez isso explique que nos manifestos deste domingo tenha diminuído consideravelmente o número de jovens. Mas aumentou em proporção relevante o de adultos.

O que explicaria mais adultos do que jovens nas ruas? Aqui acho que o governo Dilma deve começar realmente a se preocupar. Os adultos, ao contrário dos jovens, sabem que podem mudar um governo pela pressão das ruas. Segundo, os adultos são realmente os financiadores da maioria dos jovens que antes protestaram. São eles quem pagam a escola dos jovens, pagam suas despesas, compram, abastecem e pagam os impostos dos carros, pagam telefones caros, energia elétrica proibitiva, pagam a conta da incompetência governamental e os pesados impostos. Traduzido em linguagem clara, os adultos que pagam a maioria das contas se cansaram de pagar tanto e foram às ruas.

Portanto, havia mais consciência de maturidade política nas ruas neste domingo do que o ímpeto juvenil das manifestações anteriores. Outro ponto a se considerar é que os adultos são empresários, profissionais liberais, gestores públicos e membros de entidades como maçonaria, federações, sindicatos, etc. São os efetivos formadores de opinião dentro da sociedade. São os geradores da riqueza nacional. Os jovens estão na sua maioria em fase de construção profissional e ainda não chegaram a esse estágio de amadurecimento, embora sejam capazes de fazer mais barulho do que os adultos.

O que este domingo mostrou, foi que a presidente Dilma, o Congresso, o Judiciário e as demais instituições públicas, incluindo os apodrecidos partidos políticos, estão na mira da sociedade adulta que, efetivamente, paga todas as contas. O fim do governo e uma onda de transformações parecem caminhar mais depressa agora do que até então. Por mais que o governo e a presidente Dilma queiram demonstrar uma tranquilidade que sabem não existir. Cada dia a pressão aumenta mais.

Onofre Ribeiro é jornalista em Mato Grosso. E-mail: onofreribeiro@terra.com.br www.onofreribeiro.com.br

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet