Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 19 de Janeiro de 2021

0 8
:
4 5
:
0 9

Últimas Noticias

Campanha Publicitária

Notícias / Artigos e Opinão

24 Ago 2015 - 15:35

Percepções futuristas

Agência da Noticia com Onofre Ribeiro

  Algumas vertentes espiritualistas e alguns pensadores espiritualistas atuais estão divulgando informações muito interessantes sobre essa quadra ruim que o Brasil está atravessando.

Consideram que a crise generalizada que vive o país, trata-se na verdade, de um momento transformador de uma cultura antiquada construída longamente desde o descobrimento do Brasil.

Acreditam que estamos dentro de uma barca muito larga dentro da qual convivem simultaneamente a desconstrução desse Brasil velho e deteriorado pela política velha, pela corrupção e pelo descaso com a sociedade.

Outra vertente que convive dentro da barca é a reconstrução, a que eles chamam de transformação.

Quando olhamos no horizonte, os cenários são profundamente desanimadores no curto e no médio prazos. Mas esses pensadores acreditam que, ao mesmo tempo em que o Brasil velho naufraga como está naufragando a olhos vistos, nasce um Brasil novo.

Esse Brasil novo estaria principalmente nas mãos dos jovens que estão chegando ao mercado de trabalho e muitos já ocupam posições de importância.
Eles são intolerantes com essas velhas práticas e querem algo novo, ainda que eles mesmos não saibam exatamente o que seria. Mas sabem que não que querem isso que está aí.

Meu segundo filho, Fábio, é advogado em Aracaju. Num dia desses falamos ao telefone e ele me chamou a atenção para algumas coisas muito importantes que estão acontecendo.

Entre elas, o papel desses jovens advogados, juízes, promotores, defensores, jornalistas, médicos, gestores públicos e privados e profissionais liberais na faixa dos 45 anos pra baixo.

Segundo Fábio, que também está nessa faixa, ele acredita que essa juventude que já é protagonista e a que está vindo junto, não aceita de forma alguma o Brasil velho cujo destino é morrer aos poucos.

A classe média saiu da antiga zona de conforto e ingressou na prensa das políticas econômicas e no empobrecimento com o sumiço dos serviços públicos que ela precisa pagar em duplicata, nos impostos e contratando-se quiser ter educação, saúde, segurança etc.

Os filhos, jovens progressistas, cresceram aprendendo a ver um Estado predador, ineficaz, corrompido, cruel e indiferente.

Na barca da desconstrução e da reconstrução, transformações importantes convivem em poderosa dinâmica, sem chances de retrocesso.

Jovem encara o futuro com clareza. A nós maduros, resta apoiá-los e esperar que sua geração mude o que não conseguimos mudar, embora também tenhamos feito grandes transformações.

Os que pensam os espiritualistas dessa vertente é que o futuro será inevitavelmente melhor do que o presente, por pior que ele possa parecer.

Acredito!

ONOFRE RIBEIRO é jornalista em Mato Grosso.
onforeribeiro@terra.com.br
www.onofreribeiro.com.br


Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet