Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sexta-feira 18 de Setembro de 2020

2 1
:
2 6
:
4 4

Últimas Noticias

Notícias / Política

9 Mai 2014 - 16:26

AMM recebe membros do Solidariedade para lançar apoio a campanha de Pedro Taques amanhã

Amanhã o partido vai reunir todos os integrantes dos diretórios na Associação Mato-grossense dos Municípios

24 Horas News

 O partido Solidariedade está trabalhando em todo Estado para apresentar o nome do senador Pedro Taques (PDT) para concorrer ao governo do estado nas eleições deste ano. Amanhã o partido vai reunir todos os integrantes dos diretórios na Associação Mato-grossense dos Municípios, onde irá apresentar formalmente a intenção de apoiar a candidatura de Pedro Taques ao governo do Estado. No encontro estará presente Dr. André Facelar, assessor jurídico, do Partido Solidariedade nacional, e que informou que a sigla deu carta branca para o partido apoiar o senador Pedro Taques rumo ao governo do Estado nas próximas eleições.
O Solidariedade que fazer história na política de Mato Grosso, com um formato diferenciado, participativo, aberto e inovador. Hoje, no Estado a sigala conta com 16 diretórios municipais, 36 comissões, 15 ex-prefeitos, 66 vereadores, sem falar da bancada na Câmara Muncipal de Cuiabá que tem maior representatividade. O Dr. Antônio Eduardo Costa e Silva, secretário geral do partido disse que a idéia é inovar, que a proposta é chamar a população para participar diretamente do sistema político.

Na plenária que vai ser realizada amanhã, terá representantes da sigla nacional, municipal, e das provisórias, para apresentar a proposta em apoiar o senador Pedro Taques para concorrer o governo do Estado, mas o presidente do partido, Adalto Freitas (Daltinho), já sinalizou que em conversas realizadas durante os últimos meses, 80% já se posicionaram a favor do apoio a Taques. A proposta do partido é apresentar a imagem do cenário político, o Solidariedade vai dar um choque na política do Estado.

“Aqui não tem cacique, nos somos heterogêneo, vamos construir uma nova na fase política de Mato Grosso”, disse Daltinho. Os objetivos do partido para esta eleição é eleger no mínimo três deputados estaduais e um deputado federal, esta meta foi criada porque o deputado Daltinho afirmou que a sigla tem grandes nomes que vão disputar as eleições e muitos poderão sair vitoriosos. “O partido pode não ser tão grande assim, mas vai surpreender muita gente nessas eleições, simplesmente porque tem os melhores projetos para Mato Grosso, sem fala na questão que este sistema político que hoje é aplicado está defasado, a população não quer mais saber deste tipo de política que beneficia apenas alguns e deixa o povo de lado”, explicou Daltinho. 

 
Sitevip Internet