Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sexta-feira 18 de Setembro de 2020

1 7
:
2 9
:
0 2

Últimas Noticias

Notícias / Agronegócio

13 Mai 2014 - 13:40

Banco do Brasil já liberou cerca de R$ 114 milhões para armazenagem em Mato Grosso

O fechamento do valor a ser disponibilizado para o próximo ciclo deverá ser fechado e anunciado durante ou após o anuncio do Plano Safra 2014/2015.

Agro Olhar

Apenas o Banco do Brasil já liberou para Mato Grosso cerca de R$ 114 milhões para a construção e reforma de armazéns durante a safra 2013/2014. Outros cerca de R$ 400 milhões estão sob estudos/análises para liberação. No Brasil já foram liberados cerca de R$ 3,6 bilhões entre diferentes instituições financeiras, de acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Na safra 2013/2014 a soma da produção de soja e milho deverá ficar em 41,38 milhões de toneladas, segundo o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). A capacidade de armazenagem hoje em Mato Grosso é de apenas 29 milhões de toneladas, o que significa que o Estado possui um déficit de 12,38 milhões de toneladas de grãos.

No dia 6 de maio o ministro do Mapa, Neri Geller, revelou que já haviam sido liberados R$ 3,58 bilhões do total de R$ 4,5 bilhões disponibilizados para a construção e reforma de armazéns durante a safra 2013/2014. Conforme o ministro, tais investimentos podem representar um incremento de 65 milhões de toneladas à capacidade de estocagem nos próximos cinco anos no Brasil.

De acordo com o secretário de Políticas Agrícolas, Seneri Paludo, durante coletiva de imprensa em Cuiabá no dia 9 de maio, o Programa de Armazenagem já veio muito forte na safra 2013/2014, como havia solicitado a presidente Dilma Rousseff. “Ainda não temos os valores fechados para a safra 2014/2015”, salientou. O fechamento do valor a ser disponibilizado para o próximo ciclo deverá ser fechado e anunciado durante ou após o anuncio do Plano Safra 2014/2015.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet