Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 22 de Setembro de 2020

0 4
:
3 3
:
1 5

Últimas Noticias

Notícias / Agronegócio

16 Mai 2014 - 10:50

Caminhoneiros esperam quatro dias para descarregar em Rondonópolis

Mais de cinquenta motoristas aguardam em frente a empresa de fertilizantes; incluída a espera, viagem leva uma semana

Cenário MT

 A equipe de Expedição da Revista VEJA encontrou mais de cinquenta caminhões enfileirados à beira da estrada na saída de Rondonópolis (MT), nesta quinta-feira, perto da BR-384. Os caminhoneiros esperavam para descarregar adubo em uma empresa que comercializa fertilizantes agrícolas.

Segundo os motoristas, a aglomeração foi causada pela quebra de um dos equipamentos utilizados para descarregar os caminhões. O serviço teve de ser feito manualmente, com ferramentas semelhantes a rodos. O tempo de espera para o descarregamento é de pelo menos quatro dias.


Um caminhoneiro que sai de Minas Gerais e entrega os fertilizantes em Rondonópolis ganha pouco mais de 250 reais pelo serviço – desde que, durante a viagem, o caminhão não consuma mais de 2,5 quilômetros com um litro de diesel. O trajeto de ida e volta, incluindo o tempo de espera, dura quase uma semana.


Cerca de 60% das cargas transportadas no Brasil são levadas em caminhões, o que causa pontos de congestionamento como o desta quinta-feira em Rondonópolis. As principais estradas que cortam o Estado e são utilizadas para o escoamento da produção, a BR-364 e a BR-163, têm pista simples em quase todo seu trajeto e ficam sobrecarregadas no período da safra. A Expedição VEJA presenciou o início das obras de abertura de uma segunda pista da BR-364, mas os trabalhos nas duas rodovias não serão concluídos antes de 2019.


Os fertilizantes processados em Rondonópolis utilizam principalmente matéria-prima extraída em Minas Gerais e são aplicados nas lavouras de Mato Grosso, o maior produtor de grãos do país, que conseguem ser competitivas em nível mundial apesar dos problemas de infraestrutura para o escoamento da produção.


Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet