Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quarta-feira 25 de Novembro de 2020

0 7
:
0 8
:
1 6

Últimas Noticias

Notícias / Artigos e Opinão

18 Mar 2016 - 15:40

Desafios em um ano decisivo

Agência da Notícia com Neurilan Fraga

 O último ano de mandato é sempre cercado de expectativas para os prefeitos que vão encerrar o ciclo da sua administração e também para os que irão se candidatar à reeleição. Este ano, além dessa expectativa, acrescenta-se a preocupação, sentimento que tomou conta dos atuais gestores. A inquietação está associada às dificuldades naturais do cargo, agravadas pela instabilidade política, econômica e moral que envolve o país.

Entre os principais desafios de 2016 está o de fechar as contas e cumprir as exigências da Lei de Responsabilidade Fiscal, que determina, por exemplo, que não se pode deixar restos a pagar para o próximo exercício, sem que haja dinheiro em caixa para efetuar o pagamento.

A dificuldade este ano é ainda maior devido à crise econômica que afeta o país e, sobretudo, as administrações municipais, que já vêm sofrendo já alguns anos, e de forma mais acentuada, desde o ano passado. Para minimizar os efeitos da instabilidade financeira, a Associação Mato-grossense dos Municípios, desde o início de 2015, tem recomendado aos gestores municipais uma série de medidas de controle absoluto nos seus gastos, entre as quais redução de horário de expediente, corte de horas extras e gratificações, reduções de diárias, desligamento de contratados, diminuição de gastos com realização de festas, entre outras providências.

Como consequência da crise, os municípios estão sendo penalizados com redução e atrasos no repasse de recursos. O Fundo de Participação dos Municípios - FPM, por exemplo, sofreu uma queda significativa neste início de ano. O repasse do Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações - FEX de 2015 ainda está pendente e estamos inseguros se vamos recebê-lo, bem como o referente ao de 2016. Em cada município deste nosso Brasil existem obras paralisadas, por falta de repasses financeiros para as suas conclusões.

Periodicamente vamos a Brasília para apresentar demandas dos municípios e cobrar apoio e a liberação de recursos tanto de emendas parlamentares, como de programas e do orçamento da União. Aqui no estado, praticamente de segunda a sexta, estamos em contato com o Governo Estadual, Assembleia Legislativa e outros poderes, buscando apoio, para implementar ações e viabilizar recursos financeiros para os municípios mato-grossenses. Sabemos do esforço que o governador Pedro Taques vem fazendo, no sentido de amenizar o impacto dessa crise, porém o Governo do Estado vive a mesma realidade que os municípios. Enfim, estamos fazendo tudo que é possível para amenizar o impacto que a crise financeira está provocando nas gestões públicas municipais, afetando diretamente o cidadão que mora no município.

Os obstáculos são inúmeros, mas a vontade de melhorar as condições de governabilidade dos municípios é ainda maior. Por isso este ano teremos importantes mobilizações nas esferas nacional e estadual. Em maio ocorrerá a tradicional Marcha a Brasília, que conta com a presença de mais de 5.000 prefeitos de todos os estados brasileiros.

A agenda de compromissos na capital federal e em Cuiabá será constante, pois precisamos persistir na cobrança de mais atenção para os municípios, onde a vida realmente acontece e onde se concentram os problemas sociais e econômicos. O apoio do governo do estado e da União, bem como de outros poderes, será de extrema importância para que as administrações municipais superem esses momentos de turbulência financeira neste final de mandato.

A nossa luta é para que os próximos prefeitos tenham mais condições de administrar os nossos municípios, que nós não tivemos, com menos sobressaltos, incertezas e dentro de um cenário econômico e politicamente mais tranquilo e que assim possam realizar as suas ações e compromissos assumidos com a população.

Neurilan Fraga é presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet