Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Domingo 25 de Outubro de 2020

1 8
:
5 5
:
0 9

Últimas Noticias

Notícias / Agronegócio

30 Mai 2014 - 07:51 | Atualizado em 30 Mai 2014 - 08:42

Índios cercam Ministério da Justiça para protestar contra demora nas demarcações e PEC 215

Os indígenas invadiram na última terça-feira a marquise do prédio do Congresso Nacional.

Agência da Notícia com Agro Olhar

 O prédio do Ministério da Justiça foi cercado nesta quinta-feira (29) por cerca de 300 lideranças indígenas de todo o Brasil que protestam contra a demora do governo federal de continuar com os processos para demarcação e ampliação de terras.

Segundo apurou a reportagem do Agro Olhar, os índios utilizaram mangueiras usadas nos jardins do Palácio para isolar a área e bloquear portas de acesso ao prédio.

Alguns estavam acorrentados em frente ao edifício. A bandeira do Brasil foi arreada a meio mastro. Uma bandeira preta foi asteada no local. Três das seis pistas do Eixo Monumental foram fechados no sentido Rodoviária do Plano Piloto.

Armados com arco e flecha e lanças, os índios foram recebidos no final da tarde pelo ministro José Eduardo Cardozo. Os índios entregaram ao ministro um documento com 36 processos de regularização de terras indígenas e reivindicam a efetivação dos processos.

Os índios também são contra a tramitação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 215/2000, que inclui, entre as competências exclusivas do Congresso Nacional, a aprovação de demarcação de terras indígenas e a ratificação das demarcações já homologadas; estabelecendo que os critérios e procedimentos de demarcação sejam regulamentados por lei.

A PEC é defendida pelos integrantes da Frente Parlamentar da Agropecuária, que acusam a FUNAI de boicotar audiências públicas e impedir o debate na Câmara.

Lideranças indígenas reuniram-se no início da noite de ontem (28) com os presidentes da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), para pedirem apoio na tramitação de matérias de interesse dos índios.

Os indígenas invadiram na última terça-feira a marquise do prédio do Congresso Nacional. Logo após, parte do grupo se uniu a manifestantes anti-Copa que entraram em confronto com a PM ao tentarem chegar perto do Estádio Nacional de Brasília, onde a Taça da Copa do Mundo estava aberta à visitação.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

  • por Julio Guimarães, em 30 Mai 2014 às 12:02

    Calixto bons seus esclarecimento ,o que está faltando com o dever e o congresso nacional rasg Vetar essa bndalhera internacional.a

  • por KALIXTO GUIMARAES, em 30 Mai 2014 às 09:45

    O CONGRESSO NACIONAL, O MINISTÉRIO DA JUSTIÇA E O PRÓPRIO GOVERNO PETISTA, ESTÃO REFÉNS DA MAFIA INTERNACIONAL DE ONGS QUE CONTROLA A FUNAI E MANIPULA AS COMUNIDADES INDÍGENAS LEVANDO-AS AO APARTHEID ÉTNICO CULTURAL E TERRITORIAL. O EX-PRESIDENTE LULA TEVE O DISPARATE DE ASSINAR NOS SALÕES DAS NAÇÕES UNIDAS (ONU), ONG AMERICANA OS PROTOCOLOS DA CONVENÇÃO 169 DA OIT E LOGO EM SEGUIDA EM SEU PILEQUE INCONSEQUENTE ASSINOU A CONVENÇÃO DOS DIREITOS UNIVERSAL DOS POVOS INDÍGENAS. AGORA, ESTA BEM FÁCIL DIVIDIR O BRASIL EM VARIAS REPUBLICAS DE COCARES. A GUERRA DO INDIGENATO ESTA DECLARADA.

 
Sitevip Internet