Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Domingo 25 de Outubro de 2020

1 9
:
2 7
:
1 6

Últimas Noticias

Notícias / Agronegócio

2 Jun 2014 - 07:48

Soja safrinha gera controvérsias e audiência pública deve ser realizada

Uma audiência publica para debater a produção de soja safrinha está para ser marcada em Cuiabá.

Agro Olhar

 Uma audiência publica para debater a produção de soja safrinha está para ser marcada em Cuiabá. O plantio de uma segunda safra do grão se deu como uma alternativa de rentabilidade em Mato Grosso, após as perspectivas de produção do milho reduzirem cerca de 30%. A semeadura da soja safrinha tem gerado polêmica no Estado em decorrência às doenças e pragas que podem ampliar.

Uma das doenças que preocupa com o plantio da soja safrinha é a ferrugem asiática. O vazio sanitário da soja começa no próximo dia 15 de junho.

Conforme o coordenador da Comissão de Defesa Sanitária Vegetal de Mato Grosso do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Wanderlei Dias Guerra, o plantio da segunda safra de soja não deveria ocorrer com base em estudos feitos pela comissão. “As lavouras de soja estão tomadas por ferrugem asiática e isso é uma preocupação”.

Guerra comenta que a Comissão aguarda que o Mapa baixe uma portaria de orientação sobre a questão.

Até o momento não se sabe a real área semeada com soja segunda safra. A área aonde a oleaginosa foi plantada era destinada a segunda safra de milho. Na safra 2013/2014 a área destinada ao milho caiu 18,78%. Esta área reduzida foi destinada ao plantio de soja, algodão, girassol, entre outros cereais.

De acordo com Guerra, a Comissão solicitou ao deputado estadual José Domingos Fraga a realização de uma audiência pública para debater a questão.

Segundo a assessoria de imprensa do deputado estadual José Domingos Fraga, o parlamentar irá solicitar na tribuna o pedido da audiência publica nos próximos dias.

Vazio Sanitário

O vazio sanitário da soja vigora do dia 15 de junho ao dia 15 de setembro. Neste período é proibida a existência de qualquer planta de soja, seja na lavoura, no em torno dos armazéns, cidade e beira de estrada.

Quanto a soja safrinha o diretor técnico da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT), Luiz Nery Ribas, ressalta que é uma questão a ser acompanhada.

Ribas comenta que na primeira safra de soja cerca de três aplicações de fungicidas foram aplicadas pelos produtores nas lavouras. Já nesta segunda safra foram cerca de quatro aplicações.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet