Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 20 de Abril de 2021

0 4
:
5 8
:
1 6

Últimas Noticias

Notícias / Geral

5 Jun 2014 - 11:25

Pacientes do MT Hemocentro sofrem para conseguir transfusão de sangue

Funcionários dizem que faltam materiais para realizar o procedimento. Há 20 dias, a Anvisa suspendeu serviços no local após uma vistoria.

Agência da Notícia com G1 MT

 Pacientes com anemia falciforme não estão conseguindo fazer transfusões de sangue no Hemocentro de Mato Grosso. O local está aberto e a coleta de sangue é realizada. Mas, a transfusão não. De acordo com funcionários, faltam materiais para fazer o procedimento. A Secretaria de Saúde do estado (SES) informou que bolsas de sangue e reagentes chegaram nesta quarta-feira (4).
A lista de pacientes que precisam e passaram por aqui nesses dias só aumenta. A dona de casa Fernanda Quaresma de Jesus é de Nova Mutum, a 269 km de Cuiabá, e trouxe o filho de 5 anos que tem anemia falciforme pra fazer transfusão. O garoto, que passa pelo procedimento de três em três meses, dessa vez vai ter que esperar. “Tem cinco anos que faço tratamento aqui no Hemocentro e nunca aconteceu isso, de eu vir aqui e não ter sangue”, disse Fernanda.
Segundo funcionários do MT Hemocentro, nesta quarta-feira estavam sendo realizadas coleta e tipagem sanguínea. A sorologia, que são aqueles exames de de HIV e hepatite, foi terceirizada. Além da transfusão de sangue, não estão sendo feito diagnósticos e nem centrifugação e fracionamento do sangue.
Há quase 20 dias, técnicos da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) vistoriaram o MT Hemocentro. Faltavam reagentes para sorologia. Na época, a SES disse que o material chegaria em cinco dias. Mas, de acordo com os servidores, pouca coisa mudou. “Continuamos agora sem reagentes, o laboratório de sorologia está parado, o de imunohematologia de pacientes está parado”, declarou Alzira Saldanha, membro do Conselho Estadual de Saúde (CES).
Boletim de ocorrência
Nesta quarta, funcionários do Hemocentro discutiram as necessidades do banco de sangue público em uma reunião do CES. Eles registraram um boletim de ocorrência contra o estado pra reivindicar melhorias.
Outro lado
A secretária adjunta de Gestão Estratégica, Marlene Ancheieta, falou que o governo busca soluções junto ao Ministério da Saúde que paga pela sorologia feita em unidades particulares. Ela disse ainda que não estava sabendo da suspensão do serviço de transfusão de sangue.“Neste momento eu não tenho conhecimento ainda disso, de que ficou um sem fazer transfusão”, declarou.
Segundo a SES, a maioria dos insumos necessários já foi comprada e deve chegar em até 15 dias. Quanto às máquinas que fazem a sorologia, uma já foi validade e a outra aguarda o parecer da Anvisa, informou a secretaria.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet