Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sexta-feira 23 de Abril de 2021

1 2
:
1 1
:
1 7

Últimas Noticias

Notícias / Polícia

5 Jun 2014 - 16:05

Polícia Civil faz operação contra tráfico e exploração sexual

Policiais mapearam mapear residências, bares e lanchonetes, que funcionavam como "bocas", em Sapezal

Agência da Notícia com Mídia News

 Sete mandados de busca e apreensão domiciliar foram cumpridos pela Polícia Judiciária Civil, na cidade de Sapezal (480 km a Noroeste de Cuiabá), na operação “Vassoura de Fogo”, deflagrada na quarta-feira (4).

Quatro pessoas foram presas, outras duas autuadas em Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), além de dez pessoas conduzidas à delegacia para prestarem esclarecimentos, por envolvimento com o tráfico de drogas e exploração sexual de menores.

D.P.S., 25 anos, C.L.B., 43, P.M.C., 30, e A.P.S., 40, foram indiciados pelos crimes de tráfico de drogas, receptação e roubo.

De acordo com a delegada da cidade, Cinthia Gomes da Rocha Cupido, a operação “Vassoura de Fogo” foi desencadeada após um intenso trabalho de investigação, desenvolvido pelos investigadores, com o objetivo de combater o tráfico de drogas e a prostituição infantil na região.

Nas diligências, os policiais conseguiram identificar e mapear residências, bares e lanchonetes, que funcionavam como pontos de venda e consumo de entorpecentes.

Com os indícios e prova da existência de crimes, a Polícia Civil representou pelos mandados de busca e apreensão domiciliar, que foram imediatamente deferidos pela Justiça da Comarca de Sapezal.

A primeira prisão aconteceu no “Bar da Cleide”. No local foram apreendidos aproximadamente 50 gramas de cocaína.

No momento da chegada dos policias, a suspeita tentou jogar o entorpecente dentro do vaso sanitário, mas foi impedida.

Segundo informações, a mulher já havia sido presa há três anos, pelo mesmo crime de tráfico de drogas, e fo autuada em flagrante mais uma vez.

Em continuidade ao cumprimento dos mandados, D. foi surpreendido em sua residência com uma grande quantidade de semijoias furtadas um dia antes, avaliadas em torno de R$ 10 mil.

No local, a Polícia também apreendeu duas porções de maconha com cerca de 50 gramas cada, além de vários outros produtos oriundos de crimes. Ele foi encaminhado à delegacia e preso por receptação.

O suspeito A. foi detido no estabelecimento chamado “Bar Stilus”, que, segundo a Polícia, funcionava como ponto de venda de drogas e exploração sexual.

Durante as buscas no local, os policiais encontraram duas adolescentes em atitude suspeita de prostituição.

Ao checarem o suspeito, os policiais constataram um mandado de prisão preventiva em aberto decretado em desfavor de A., pelo crime de roubo, sendo dado o devido cumprimento.

O proprietário do bar também irá responder por exploração sexual de menores.

Em outro ponto alvo da operação, os investigadores apreenderam 81 cartuchos de munição calibre 22 e duas porções de maconha.

O responsável pelo local escapou do cerco policial e esta sendo procurado pelo polícia.

A quarta pessoa a ser presa na ação foi P., acusada de roubo.

Os outros dois detidos, V.O.L. e E.R.S., ambos 25 anos, foram autuados em Termo Circunstanciado de Ocorrencia (TCO), por posse e consumo de drogas.

Participaram da operação agentes da Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar de Sapezal.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet