Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 28 de Setembro de 2021

1 0
:
3 9
:
2 0

Últimas Noticias

Enquete

Como você pretende investir o seu dinheiro nos próximos anos?

Notícias / Política

19 Jun 2014 - 11:35

Debate vai definir candidato da situação ao Governo de MT

Decisão foi tomada por líderes da base aliada, em reunião na noite de quarta-feira (18)

Agência da Notícia com Mídia News

 Líderes dos partidos que compõem a base governista decidiram, durante reunião na noite de quarta-feira (18), na sede do PR, em Cuiabá, colocar os três pré-candidatos ao Governo “cara a cara” para fazer um confronto de propostas.

A ideia é de que o vice-governador Chico Daltro (PSD), o ex-vereador Lúdio Cabral (PT) e o ex-juiz federal Julier Sebastião da Silva (PMDB) tenham até 30 minutos para apresentar elementos que justifiquem a escolha de seus nomes para disputa pelo comando do Paiaguás.

“Vai zerar o processo e os três terão oportunidade de apresentar o seu projeto eleitoral. Teremos representantes de todos os partidos e, daí, faz-se uma avaliação para podermos decidir quem será o candidato ao governo deste conjunto”, explicou o deputado federal Eliene Lima (PSD).

O parlamentar acredita que a demora na escolha de um nome pode causar prejuízos para o grupo da situação.

“Precisamos definir esse nome, porque nós temos que ter alguém para poder apresentar para a sociedade como candidato desse conjunto de partidos que têm uma estrutura política forte, tem uma capilaridade forte no Estado. Essa dúvida tem causado prejuízo para esse conjunto de partidos”, completou

A mesma opinião não é compartilhada pelo presidente do PCdoB, Aislan Galvão, que afirmou à imprensa que a pré-campanha dos três postulantes ao Governo já reduziu a possível vantagem que o pré-candidato ao Governo, senador Pedro Taques (PDT), teria, conforme pesquisas de intenção de voto.

“Todos os pré-candidatos fizeram grandes movimentações pelo Estado, nesse último período. Aquilo que a gente chama de pré-campanha foi bem utilizada pelos três postulantes à a vaga. Então, o prejuízo, nesse sentido, foi amenizado”, afirmou.
Já o secretário-geral do PR, deputado estadual Emanuel Pinheiro, garantiu que o grupo não tem ”pressa” em escolher um nome e utilizará os setes critérios estabelecidos, durante reunião na última terça-feira (17), para escolher o candidato.

- Os critérios são: intenção de votos, perfil, momento político, potencial de agregação, conhecimento do Estado, enfrentamento no debate, e melhor nome perante o adversário. -

Mesmo com o debate marcado para a próxima segunda, o grupo descartou definir um nome por meio de votação.

Na visão do vice-presidente regional do PMDB, Márcio Lacerda, uma votação poderia causar um racha no grupo. “A melhor solução é a unidade e essa unidade não se dá excluindo alguém drasticamente”, disse.

Para o deputado federal Valtenir Pereira (Pros) o candidato do grupo situacionista deve ser escolhido ainda na próxima segunda-feira. Já a convenção deve ficar para o dia 30 de junho.

“O eleitor escolhe o candidato através da sua proposta, seu posicionamento no debate e é isso que queremos. Queremos conhecer o plano de governo de cada um, para podermos fazer uma escolha consensual que fortaleça o grupo e possa vencer as eleições”, disse o parlamentar.

Participaram, ainda, da reunião o deputado estadual José Riva (PSD) e o presidente do diretório regional do PT, Willian Sampaio.

Compõe o grupo da situação o PSD, PT, PMDB, PR, PROS e PC do B.

Vaga ao Senado

O deputado federal Wellington Fagundes (PR) é, até o momento, o único garantido na chapa majoritária governista. Ele foi escolhido em reunião na noite de segunda-feira (16).

A decisão foi unânime e veio após os “flertes” do PR com a oposição e as ameaças de o partido deixar o arco.

Com isso, o deputado realiza um sonho antigo de disputar o cargo de senador.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet