Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Domingo 26 de Junho de 2022

0 5
:
3 1
:
4 6

Últimas Noticias

Notícias / Política

10 Jul 2014 - 14:08

Taques e Ludio têm maior tempo de propaganda na TV

Propaganda eleitoral terá início a partir de 19 de agosto

Mídia News

 O candidato ao Governo do Estado pelo grupo da oposição, senador Pedro Taques (PDT), terá o maior tempo de rádio e TV na propaganda eleitoral gratuita deste ano.

Por agregar o maior número de partidos dentro de uma coligação, Taques terá 8 minutos e 35 segundos.

No total, serão 20 minutos divididos entre os cinco candidatos.

Pela coligação “Coragem e atitude pra mudar” estão PDT, PP, DEM, PSDB, PSB, PPS, PV, PTB, PSDC, PSC, PRP, PSL e PRB.

No grupo de Taques, o PSDB é o partido de maior representatividade na Câmara Federal, com 44 deputados.

Logo atrás está o PP, partido do candidato a vice-governador na chapa, Carlos Fávaro, com 40 parlamentares.

Lúdio

O segundo candidato com maior tempo na propaganda eleitoral será o ex-vereador Ludio Cabral (PT), que terá 7 minutos e 12 segundos.

O petista faz parte da coligação “Amor a nossa gente”, que agrega PT, PMDB, Pros, PR e PC do B.

Por ter 88 parlamentares na Câmara, sozinho, o PT já possui mais de três minutos na TV.

Por outro lado, o PC do B possui 15 deputados, o que representa menos de um minuto.

Em terceiro, está o deputado estadual José Riva (PSD), escolhido candidato ao Governo cerca de uma semana antes da data limite da realização das convenções partidárias.

Riva

O candidato do PSD, que mesmo disputando contra Ludio, faz parte do grupo governista, terá 3 minutos e 18 segundos.

Riva faz parte da coligação “Viva Mato Grosso”, com apoio do bloco formado por PSD, SD, PTC, PTN, PEN e PRTB.

No grupo, apenas PSD e SD possuem representantes na Câmara Federal.

Os candidatos com menos tempo de TV são José Marcondes Muvuca (PHS) e José Roberto (PSOL).

Muvuca entra na disputa ao lado do PMN, pela coligação “Mobilizar e Humanizar” e terá apenas 35 segundos de TV.

Enquanto o partido do candidato não possui nenhum representante na Câmara, o PMN tem três parlamentares.

Já o PSOL estará sozinho na disputa eleitoral e terá 20 segundos. O partido tem três representantes no parlamento em Brasília.

Cálculo e propaganda

A reportagem do MidiaNews fez o cálculo dos minutos com base na Resolução 23.404/2014, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que dispõe sobre a distribuição do tempo de cada partido, com base no número atual de deputados federais.

O cálculo inclui as bancadas do Solidariedade e do Pros, que foram criados no ano passado.

Caso a Justiça Eleitoral barre o tempo dos dois partidos, pode haver alteração no tempo de cada coligação.

Os programas para governador serão exibidos às segundas, quartas e sextas-feiras, das 13h às 13h20 e das 20h30 às 20h50 (horário de Brasília), na televisão.

No rádio, será das 7h às 7h20 e das 12h às 12h20 (horário de Brasília).

De acordo com o TSE, os programas eleitorais terão início no dia 19 de agosto e seguem até o dia 2 de outubro. A eleição será no dia 5 de outubro.

Oficialmente, o TRE só irá apresentar o tempo de TV de cada candidato após uma reunião com os partidos, agendada para o dia 5 de agosto.

 
Sitevip Internet