Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quinta-feira 3 de Dezembro de 2020

0 4
:
2 4
:
2 7

Últimas Noticias

Notícias / Esporte

29 Mar 2014 - 11:07 | Atualizado em 29 Mar 2014 - 11:11

À espera de liberação da Justiça, goleiro Bruno pede: 'Me deixem jogar'

Em entrevista à revista 'Placar', jogador conta sua rotina na penitenciária em Contagem e detalha o episódio em que tentou o suicídio na cela

Bruno tenta liberação para jogar pelo Montes Claros

Reprodução

Bruno tenta liberação para jogar pelo Montes Claros (Crédito: Reprodução)

Bruno tenta liberação para jogar pelo Montes Claros

 O contrato assinado recentemente com o Montes Claros está longe de significar a liberdade do goleiro Bruno. Condenado pela morte de Eliza Samudio, mãe de Bruninho, o jogador cumpre pena na penitenciária de Contagem, e seus advogados apelam à Justiça em busca da autorização para que ele calce as luvas e volte aos campos. “Me deixem jogar”, diz Bruno em entrevista à revista “Placar”. Ele falou ainda sobre o trabalho na cadeia e detalhou o episódio em que tentou se suicidar na cela.

- Tentei o suicídio. Amarrei o lençol na ventana, que é alta, coloquei no pescoço e saltei. Mas a corda arrebentou e eu caí no chão. Olhei para o lado e tinha uma bíblia, que um policial tinha me dado ainda no Rio de Janeiro. Foi Deus que não permitiu que eu me matasse – afirmou.

Sobre a rotina na cadeia, o goleiro negou ter regalias e reclamou do preço que paga por ser famoso.

- Muita gente acha que, por ter sido jogador de futebol, eu tenho regalias aqui. E não tenho. Pago um preço alto pela fama. Já costurei bola aqui dentro. Tem muito jogador que gosta de colocar a culpa na bola. Mas agora eu conheço cada ponto da bola. Sei quando o cara está dando migué. A bola aqui do presídio não é ruim, não.

Bruno afirma que ainda conseguiu guardar algum dinheiro, mas não o bastante para manter o padrão de vida que tinha antes.

- Não estou acabado. Mas sobrou muito pouco do meu dinheiro, longe de poder levar uma vida confortável quando sair daqui.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet