Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Segunda-feira 3 de Agosto de 2020

2 3
:
5 4
:
1 1

Últimas Noticias

Notícias / Geral

1 Abr 2014 - 10:48

Acidentes com BRTs deixaram ao menos 10 mortos em 2 anos no Rio

Entre terça e quinta (27), novas colisões deixaram quase 50 feridos

Publicidade

Inaugurado em junho de 2012, o corredor expresso BRT Transoeste prometia encurtar o tempo das viagens entre Campo Grande, Santa Cruz e Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. Os 56 quilômetros de pista exclusiva do Transporte Rápido de Ônibus (Bus Rapid Transit, em inglês), no entanto, registram vários acidentes desde os primeiros dias de operação. Entre terça (25) e quinta (27), novas colisões deixaram quase 50 feridos.

Em uma delas, três crianças morreram atropeladas. Uma testemunha disse à polícia que o motorista teria dormido ao volante.
Nesta segunda-feira (31), um novo acidente envolvendo um ônibus do BRT e um carro deixou quatro pessoas feridas. Três precisaram ser levadas para o Hospital Municipal Lourenço Jorge: duas delas estavam em estado grave e outra tinha quadro estável até 23h.

Em quase todos os acidentes mais graves, no entanto, o Consórcio BRT salientou, à época, que os problemas ocorreram por conta da falta de respeito ao trânsito — tanto de motoristas quanto de pedestres. As colisões, no entanto, continuam acontecendo. Cerca de 30 acidentes foram registrados nos quase 2 anos de operação, de acordo com levantamento feito pelo G1. Mais de 100 pessoas ficaram feridas e ao menos 10 morreram.

Antes mesmo da implantação do corredor expresso completar dois meses, quatro pessoas morreram envolvidas em colisões. Em um dos casos, a vítima foi um estudante. Colegas de classe fizeram um protesto pedindo mudanças na sinalização da via.
Entretanto, falhas humanas e problemas de manutenção também foram alvo de críticas de passageiros. Em novembro de 2013, por conta do forte calor, alguns veículos superaqueceram e não funcionaram.
Três meses antes, um ônibus deixou parte da Zona Oeste do Rio sem luz após se chocar em um poste. Ainda em 2013, três acidentes praticamente consecutivos em um só dia na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, deixaram o trânsito complicado na região. Várias pessoas, inclusive passageiros, ficaram feridos.
Por meio de nota, o Consórcio BRT informou que 8 mil motoristas já fizeram cursos de reciclagem nos últimos 6 meses e aconselhou ciclistas e pedestres a jamais trafegarem na pista exclusiva. Aos motoristas, recomendou respeito à sinalização.

 
Sitevip Internet