Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 17 de Maio de 2022

2 0
:
3 6
:
1 9

Últimas Noticias

Enquete

Eleições 2022: Quantos deputados Estaduais e Federais o Araguaia deve eleger? Deixe seu comentário!

Notícias / Agronegócio

1 Abr 2014 - 11:21

Safra de milho será cerca de 7 milhões de toneladas menor que previsto

A média de produtividade foi recuada para 85,4 sacas por hectare, queda de 16 sacas/ha em relação à safra 2012/13

Agro Olhar

 A safra de milho em Mato Grosso na temporada 2013/14 deverá cair 32,4%, baixando de 22,53 milhões de toneladas (t) na temporada passada, para 15,23 milhões de t, segundo análise do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), divulgada nesta segunda-feira.

Conforme o Imea, a forte queda na produção ocorrerá devido ao excesso de chuvas no período do plantio da segunda-safra, que impediu a colheita de soja e o consequente semeio das sementes de milho, aliada a um recuo de 19,7% na área plantada e a uma baixa na produtividade, que será 15,8% menor que o ciclo anterior.

"A queda na área é motivada, sobretudo, pelo ritmo mais lento da semeadura, que foi ocasionado pelos grandes volumes de chuvas que caíram sobre o Estado entre meados de fevereiro e março", explica o instituto.

Para a produtividade, foram realizadas reduções em todas as regiões do Estado. Assim, a média de Mato Grosso foi recuada para 85,4 sacas por hectare (ha), apresentando queda de 16 sacas/ha em relação à safra 2012/13.

Com menor área e produtividade menor, o Imea estima que a safra oferte cerca de 1,8 milhão de toneladas a menos que a esperada no relatório anterior. “Ou seja, cerca de um terço a menos de tudo o que foi produzido no ano passado não estará disponível ao mercado durante este ciclo."

Assim, com a previsão de uma oferta ainda menor que as previstas anteriormente, pode-se esperar impacto sobre as cotações do cereal em 2014. “Todavia, outras variáveis do mercado, principalmente vindas do mercado externo, deverão ser também determinantes para a movimentação do mercado do milho, sobretudo, para o segundo semestre do ano”, avalia o instituto.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet