Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Segunda-feira 3 de Agosto de 2020

2 3
:
0 9
:
0 6

Últimas Noticias

Notícias / Geral

2 Abr 2014 - 08:37

Vice-prefeita e ex-prefeito de Cáceres são detidos pela PF

Os dois foram citados nas investigações da Operação Fidare

Agência da Notícia com Mídia News

Reprodução

A vice-prefeita Antonia Eliene Liberato Dias e o ex-prefeito Túlio Fontes (no destaque) (Crédito: Reprodução)

A vice-prefeita Antonia Eliene Liberato Dias e o ex-prefeito Túlio Fontes (no destaque)

Publicidade

 A vice-prefeita de Cáceres (225 km a Oeste de Cuiabá), Antonia Eliene Liberato Dias, e o ex-prefeito do município, Túlio Fontes, foram conduzidos coercitivamente pela Polícia Federal, na manhã desta terça-feira (1º), durante a Operação Fidare 1.

Os dois foram levados à sede da PF, em Cáceres, para prestar esclarecimentos.

A PF desencadeou hoje, em conjunto com a Controladoria Geral da União (CGU) e o Ministério Público Federal (MPF), a Operação Fidare.

O objetivo é combater um esquema de desvio de verbas públicas de três programas federais do Ministério da Saúde

A vice-prefeita atuou na segunda gestão de Fontes (2008-2012).

Investigação

Por meio de nota, a Prefeitura de Cácares informa que está aguardando orientações do Poder Judiciário para instaurar processos administrativos, que podem resultar no afastamento dos servidores envolvidos com o esquema apontado pela Polícia Federal.

O servidor do Pronto-Socorro da cidade, Diego Antonini dos Santos, é um dos presos na operação e foi trazido para sede da Polícia Federal, em Cuiabá.

Também foi preso o secretário municipal de Finanças, Odner Gonçalves de Sá.

Confira a íntegra da nota:

"A Prefeitura de Cáceres esclarece que está à disposição da Polícia Federal no sentido de contribuir com a instituição na operação Fidare, deflagrada nesta terça-feira (01.04).

Vale ressaltar que a operação é fruto de uma longa investigação de mais de dois anos envolvendo licitações para aquisição medicamentos. Cabe à Prefeitura o dever de zelar pela lisura dos processos de compras de qualquer produto de qualquer natureza.

No tocante aos procedimentos internos, a Prefeitura aguardará as orientações do Poder Judiciário no sentido de instaurar processos administrativos, investigatórios ou proceder com afastamentos de servidores envolvidos na investigação.

No momento, os servidores intimados pela Polícia Federão estão à disposição da instituição.

Vale ressaltar que o atendimento das Secretarias não envolvidas nas investigações continuam normalmente, assim como o atendimento médico nas unidades de Saúde Pública de Cáceres.

Prefeitura Municipal de Cáceres"

 
Sitevip Internet