Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Domingo 20 de Setembro de 2020

0 5
:
3 7
:
1 2

Últimas Noticias

Notícias / Geral

2 Abr 2014 - 16:40

Museu de Arte de Mato Grosso será inaugurado

Mais de 80 obras ficarão expostas no local, na Rua Barão de Melgaço

Mídia News

Mais de 80 obras que representam a história das Artes Plásticas em Mato Grosso enfim terão um espaço garantido. Várias gerações de artistas regionais irão expor suas peças no Museu de Arte de Mato Grosso, sediado na antiga Residência dos Governadores na Rua Barão de Melgaço. Nesta quarta-feira (2), o Museu, implantado pela Secretaria de Estado de Cultura (SEC-MT) será inaugurado com a abertura da exposição da Pinacoteca de Mato Grosso, às 9h.

A Superintendente de Desenvolvimento e Fomento a Cultura da SEC-MT, Maria Antúlia Leventi, diz que a Pinacoteca é uma oportunidade para conhecer Mato Grosso pelas suas artes. “Os visitantes verão esculturas maravilhosas, quadros de artistas renomados e premiados. Conhecerá obras de mais de 60 anos. O museu é de fácil acesso, localizado em um prédio histórico com um significado maravilhoso”.

As obras são provenientes de aquisições, doações, principalmente dos Salões Jovem Arte Mato-grossense e projetos culturais. O Banco do Brasil também colaborou com peças modernistas de artistas como Tarsila do Amaral.

A secretária de Cultura, Janete Riva disse que o espaço irá fomentar, difundir e expandir o campo das artes plásticas e visuais em Mato Grosso. “Entre pinturas, esculturas, fotografias, desenhos, instalações e vídeo, esta exposição é parte do que Mato Grosso produz em técnica, cor, iluminação, enquadramento, criação, sensibilidades, expressões. E o mundo todo parece estar representado neste novo espaço mato-grossense”, disse.

As três gerações

Fazem parte do acervo obras de artistas que formaram a primeira geração das artes plásticas do Estado, entre eles destacam-se: Ignêz Corrêa da Costa, primeira mulher mato-grossense a adentrar o circuito de artes em perspectiva nacional, Dalva de Barros, João Sebastião, Humberto Espíndola, João Pedro de Arruda, Clóvis Irigaray e Conceição de Freitas e Jorapimo.

Da segunda geração estão presentes Adir Sodré, Marcelo Velasco, Gervane de Paula, Carlos Lopes, Benedito Nunes, Márcio Aurélio, Nilson Pimenta e Alcides Pereira dos Santos.

Da terceira geração figuram Aleixo Cortez, Jonas Barros, Thélio Donizete e Sebastião Silva. Compõem ainda o acervo gravuras e desenhos de Tarsila do Amaral, Cícero Dias, Clóvis Graciano e outros representantes do modernismo brasileiro.http://agenciadanoticia.com.br/admagencia/sys/html/editor/images/spacer.gif

 
Sitevip Internet