Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 19 de Janeiro de 2021

0 8
:
1 9
:
0 8

Últimas Noticias

Notícias / Judiciário

16 Abr 2019 - 16:00

MPE investiga se Taques cometeu crime de responsabilidade

Gazeta Digital

Marcus Vaillant

 (Crédito: Marcus Vaillant)
O Ministério Público de Mato Grosso (MPE) instaurou inquérito civil para investigar se o ex-governador Pedro Taques (PSDB) cometeu crime de responsabilidade. O órgão quer saber se Taques violou a execução orçamentária e o teto de gastos instituído pelo Regime de Recuperação Fiscal (RRF). Falta de repasses aos Poderes também é investigada.  

 Segundo portaria, datada do dia 9 de abril, “há informações de que o Governador do Estado de Mato Grosso à época José Pedro Gonçalves Taques deixou de efetuar os repasses financeiros constitucionalmente previstos, com eventual violação à Lei de Responsabilidade Fiscal”.   

 

Conforme documento assinado pelo promotor Celio Joubert Furio, “existem nos autos elementos iniciais que justificam a instauração de inquérito civil para apurar” os fatos.   

 

O MPE determinou que seja oficiado o procurador-Geral de Justiça para remeter cópia do Termo de Ajustamento de Conduta assinado entre os Poderes e Taques referente ao repasse dos duodécimos.  

 

O  procurador-Geral deve informar sobre seu cumprimento ou não e qual a situação atual do procedimento em que ele foi firmado, bem como se houve execução do ajuste.   

 

Termo criou cronograma de pagamento dos duodécimos em atraso aos poderes Judiciário e Legislativo, ao Tribunal de Contas (TCE) e o MPE.

 

Não há prazo para o fim das investigações.

Comentários no Facebook

Comentários no Site

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet